Fluminense reclama de pênalti ignorado pela arbitragem: 'O lance foi claro'

Para Enderson Moreira, faltou coragem para marcar a falta

Por O Dia

Rio - O Fluminense ficou na bronca com a arbitragem de Paulo Roberto Alves Júnior. A reclamação é quanto a um pênalti ignorado no fim do jogo contra o Sport, neste domingo, no Maracanã. No lance, Marcos Júnior recebeu um chute na cabeça que o atrapalhou no momento em que tentava fazer um gol. A partida terminou 0 a 0. Para o técnico Enderson Moreira, faltou coragem ao árbitro.

Enderson Moreira analisa o empate do Fluminense com SportAlexandre Brum / Agência O Dia

"Tem lance que não tem dúvida. Difícil entender. O lance do Marcos Júnior foi muito claro. No mínimo tiro livre indireto, jogada extremamente perigosa. Eu acho um absurdo não ter coragem de marcar uma coisa tão clara. Não vemos má intenção, mas tem lances que não há dúvida do que marcar", declarou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

O técnico também analisou o desempenho do Fluminense na partida e fez elogios ao Sport.

"Não fizemos um bom primeiro tempo. Jogo truncado. Sport muito bem armado, que dá poucas chances ao adversário. No segundo tempo melhoramos bem, criamos boas chances e merecíamos a vitória. Controlamos o jogo. Infelizmente não aconteceu a vitória, mas faz parte. Agora é pensar no jogo contra o Palmeiras", avaliou.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

Quinto colocado, com 11 pontos, o Fluminense volta a campo no domingo, quando vai enfrentar o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque.