Enderson não revela time, mas projeta primeira vitória do Flu fora de casa

Tricolor enfrenta o Palmeiras, neste domingo, em São Paulo

Por O Dia

Rio - Após quatro jogos consecutivos jogando no Maracanã, o Fluminense se prepara para buscar sua primeira vitória fora de casa. De olho na partida contra o Palmeiras, no domingo, às 16h, o Tricolor segue em busca do G-4 e Enderson Moreira minimizou a dificuldade de conquistar uma vitória longe do Rio.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

"Não tem um preparo específico para jogar fora de casa. Tem preparo para ganhar jogo. Uma equipe como o Fluminense não tem condição de abrir mão de um resultado de três pontos fora de casa. É uma equipe grande, que sabe muito bem o que tem que fazer. Quem tem objetivos claros dentro do campeonato como o Fluminense, tem que estar sempre pontuando. Não abdicar da busca para o gol, mesmo que o adversário tenha uma posse maior. Tem que ter uma boa bola parada, criar boas situações de gol, todas essas coisas que podem definir a partida", afirmou.

Enderson Moreira projeta vitória do Tricolor em São PauloDivulgação

Apesar da confiança na equipe, o treinador tricolor preferiu manter mistério sobre qual formação irá mandar a campo contra o Alviverde.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

"Criamos uma situação para que esses três jogadores (Vinícius, Gerson e Wagner, que suspenso, não enfrenta o Palmeiras) de frente tenham mais liberdade. Se for o Marcos Junior, estaremos com a equipe dentro do que projetamos, com três meias que participem ofensivamente, mas também façam uma boa função defensiva", acrescentou.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

Enderson aproveitou para elogiar o equilibrio que o time está tendo em todos os setores no Campeonato Brasileiro: "Apesar de termos tomado dois gols no Fla-Flu, conseguimos filtrar muito bem as jogadas. Temos jogadores bons e qualificados ali atrás. O Gum e o Antônio Carlos ajustaram, contamos também com o Henrique, o Artur, o João (Filipe)… Temos jogadores muito capazes. O mais importante que vejo é a conscientização dos atletas da frente, de também se defenderem, isso dá estabilidade para a equipe".