No Maracanã, Flu tira a invencibilidade da Ponte Preta no Brasileirão

Equipe carioca derrotou o clube campineiro no Maracanã

Por O Dia

Rio - Caiu o penúltimo invicto do Brasileirão. Diante da Ponte Preta no Maracanã, o Fluminense derrotou a equipe paulista por 2 a 0 e voltou a vencer depois de duas partidas no Brasileirão. Com o resultado, o Tricolor subiu para a quinta colocação, colado do G-4 do Brasileirão. O líder Sport é o único invicto no torneio.

Na próxima rodada, o Fluminense enfrenta o Goiás, no Serra Dourada, neste domingo, às 16 horas. A Ponte Preta joga no mesmo dia, no mesmo horário, contra o Atlético-PR, no Moisés Lucarelli

Fluminense derrotou a Ponte Preta por 2 a 0André Mourão

O JOGO

A primeira etapa entre Fluminense e Ponte Preta foi de poucas emoções. Mesmo atuando fora de casa, a equipe campineira teve o controle da partida durante quase todos os 45 minutos iniciais, só que mesmo assim, as chances criadas pela Macaca não foram tão perigosas.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

A melhor oportunidade da Ponte Preta foi criada em uma bela jogada coletiva da equipe paulista. O lance terminou com finalização de Borges dentro da área, mas Diego Cavalieri fez bela defesa salvando o Tricolor Carioca.

FOTOGALERIA: Fluminense derrota a Ponte e cola no G-4

Sem correr muitos riscos, mas com pouca inspiração, o Fluminense chegou com perigo pela primeira vez no fim da primeira etapa. Após bela troca de passes, Edson apareceu em boa condição dentro da área, mas errou na hora de tocar para Fred, que esperava a bola na pequena área.

Tricolor colou no G-4 com resultado positivoAndré Mourão

Para a segunda etapa, o Fluminense voltou com Marcos Júnior no lugar de Gerson. Os cariocas iniciaram com mais disposição, pressionando os visitantes. Fred recebeu belo passe de Wellington Silva, mas finalizou em cima do goleiro Marcelo Lomba ao 3 minutos.

A pressão tricolor fez efeito aos 9 minutos. Vinicius iniciou a jogada e rolou para Fred, o atacante ajeitou para Marcos Júnior, que finalizou, Marcelo Lomba soltou e Wellington Silva colocou a bola no fundo das redes.

Com a vantagem no placar, o Fluminense recuou e trouxe a Ponte Preta para o ataque. Apesar da posse de bola, os paulistas seguiam com dificuldades para criar chances perigosas de gol. A melhor oportunidade aconteceu aos 21 minutos. Renato Cajá arriscou de fora da área, Cavalieri bateu roupa, Tiago Alves pegou o rebote, mas caiu, pedindo pênalti, ignorado por Leandro Pedro Vuaden.

Mesmo sem o domínio da partida, o Tricolor quase chegou ao segundo gol. Após finalização de Edson, a bola sobrou para Marcos Júnior, dentro da área, o atacante finalizou, mas Marcelo Lomba fez grande defesa salvando a Ponte. Nos últimos minutos, os visitantes tentaram jogadas ofensivas, mas esbarraram na falta de criatividade e no cansaço. E o Flu ainda chegou ao segundo gol. Depois de belo contra-ataque, Jean rolou para Fred, que ajeitou para Vinícius, que finalizou no ângulo sem chances de defesa para Lomba.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 0 PONTE PRETA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Auxiliares: Nadine Schramm Camara (Fifa-SC) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Renda e público: R$ 201.580,00 / 7.033 pagantes
Cartões amarelos: Gerson e Marcos Junior (FLU); Fernando Bob, Josimar e Renato Chaves (PON)
Cartões vermelhos: -
Gols: Wellington Silva 9'/2ºT (1-0) e Vinícius 49'/2ºT (2-0)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Henrique, Marlon (Victor Oliveira 29'/2ºT) e Giovanni; Edson, Jean, Wagner (Gustavo Scarpa 37'/2ºT), Vinícius e Gerson (Marcos Junior - intervalo); Fred - Técnico: Enderson Moreira.

PONTE PRETA: Marcelo Lomba; Rodinei, Tiago Alves, Renato Chaves e Gilson; Fernando Bob, Josimar (Juninho 25'/2ºT) e Renato Cajá (Leandro 31'/2ºT); Felipe Azevedo, Diego Oliveira e Borges (Roni 13'/2ºT) - Técnico: Guto Ferreira.