Fluminense enfrenta o Goiás e busca a primeira vitória fora de casa e o G-4

Sem Fred, poupado, Magno Alves deve comandar o ataque

Por O Dia

Goiânia - Em busca da primeira vitória fora de casa no Brasileiro, o Fluminense enfrenta o Goiás, neste domingo, às 16h, no Serra Dourada, com um trunfo à beira do gramado: Enderson Moreira. Ex-Esmeraldino, o treinador é uma ameaça aos anfitriões em crise e sem um comandante fixo desde a demissão de Hélio dos Anjos, no início da semana. Augusto César, técnico da equipe sub-20, assume interinamente.

Sem Fred, Magno Alves deve ter a missão de comandar o ataque do Fluminense contra o GoiásNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

Contra o Goiás, todo reforço é bem-vindo, já que ultimamente o time do Planalto Central tornou-se carrasco dos tricolores. Os esmeraldinos foram responsáveis pela eliminação do Fluminense na Copa do Brasil em 2013 e na Copa Sul-Americana de 2014. Apesar do retrospecto recente, o adversário deste domingo não intimida Enderson, já que o Flu já conquistou oito vitórias em 13 confrontos no Serra Dourada.

TEMPO REAL: Acompanhe o duelo entre Goiás e Fluminense

“Nossa postura será determinante. O nosso desempenho no jogo com o Palmeiras foi muito positivo. Poderíamos ter saído com um resultado bom, mas isso nos traz confiança”, disse o treinador, que não sente o grupo ligado aos dados estatísticos do confronto: “A atenção dos jogadores fica mais voltada para a questão da dimensão do gramado e do clima seco de Goiânia”.

Fred e Marlon poupados

Para o jogo deste domingo, Enderson resolveu dar folga para dois jogadores. O zagueiro Marlon, que disputou o Mundial Sub-20 na Nova Zelândia e enfrentou a Ponte Preta dois dias depois de voltar de viagem, ganhou uma folga e dará lugar a Antônio Carlos. Já o capitão Fred foi reavaliado pelos médicos e foi vetado antes da viagem para Goiânia. O camisa 9 ainda não se recuperou completamente de uma lesão muscular e Magno Alves ganha nova chance.

Busca por atacante de velocidade

Com os cerca de R$ 30 milhões que serão recebidos com a venda de Kenedy para um fundo de investimento que pretende colocá-lo no Chelsea, a diretoria do Fluminense buscará um atacante de velocidade. Nomes já foram sondados e agradam a Enderson Moreira. O ex-tricolor Maicon Bolt foi procurado, mas a pedida dos russos do Lokomotiv assustou. Já Osvaldo, do Al-Ahli, da Arábia Saudita, é mais viável - o Fluminense já fez uma proposta e aguarda a resposta.