Osvaldo ganha espaço no Fluminense

Apesar de derrota na estreia, atacante deve ser titular na partida contra a Chapecoense

Por O Dia

Rio - Não foi a estreia dos sonhos de Osvaldo. No entanto, a derrota no clássico para o Vasco não desvalorizou a primeira vez com a camisa 17 do Fluminense. Há duas semanas nas Laranjeiras, ele admite que busca o melhor de sua forma, mas vive a expectativa pela chance de iniciar a partida contra a Chapecoense, domingo, na Arena Condá. A suspensão de Gerson, pelo terceiro cartão amarelo, abriu a primeira brecha.

Osvaldo deve ser titular contra a ChapecoenseAndré Mourão

Ligeirinho, Osvaldo foi opção na saída em velocidade pelos lados. ‘Garçom’ à época de São Paulo, ele se destacou nos treinos com bola na última semana e terá mais cinco dias para provar ao técnico Enderson Moreira que é merecedor de uma oportunidade ao lado de Fred na próxima rodada do Brasileiro.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

“Ainda não estou na minha melhor forma. Venho treinando há duas semanas, mas, com o ritmo de jogo e com os treinamentos, vou aprimorando e me entrosando mais com o grupo. Não dá ainda para estipular um tempo, mas quero estar 100% o mais rapidamente possível para ajudar”, disse.

Embora o Tricolor tenha desperdiçado a chance de assumir a liderança do Brasileiro, Osvaldo mantém o otimismo baseado na sólida campanha da equipe, então invicta há seis partidas. Durante os dois anos em que defendeu o São Paulo, ele amadureceu e aprendeu a lidar com a pressão em um grande clube. Confiante, prevê uma resposta imediata do Fluminense diante da Chapecoense.

“Infelizmente, a estreia veio com a derrota. Não podemos nos abater, pois sabemos da nossa qualidade. Acho que o trabalho está sendo bem feito. Vamos trabalhar bem nesta semana, porque temos um jogo difícil no domingo”, disse Osvaldo.

Com torção no joelho direito, Giovanni é dúvida no Flu

De muletas, Giovanni deixou o Maracanã apreensivo no domingo com o diagnóstico de torção no joelho direito. Além da derrota para o Vasco, o Fluminense corre o risco de perder o lateral-esquerdo no confronto com a Chapecoense. Breno Lopes é opção para o setor.

Gerson será desfalque certo na Arena Condá. Suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo, o apoiador poderá ver a equipe com uma formação diferente na sua ausência. Hoje, Higor Leite é o único armador à disposição.

Fora de casa, o técnico Enderson Moreira tem Pierre como alternativa para uma postura mais defensiva com três volantes, ao lado de Edson e Jean. Se apostar numa equipe mais ofensiva, Osvaldo é o preferido para a vaga.