Em treino secreto, Enderson Moreira esboça Fluminense com mudanças

Treinador confirma estreia de Ronaldinho Gaúcho no sábado, contra o Grêmio, e aproveita para mexer na defesa tricolor

Por O Dia

Rio - Em dia de treino fechado para a imprensa, Ronaldinho Gaúcho teve a estreia confirmada pelo site oficial do Fluminense. Embora tenha decidido explorar a privacidade proporcionada pela Escola de Educação Física do Exército, na Urca, a diretoria usou a rede social para convocar a torcida a lotar o Maracanã no confronto com o Grêmio, no sábado, às 18h30. Se a estratégia tricolor foi escondida pela fortaleza militar, a escalação da equipe não é mais mistério. R-10 jogará.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Vindo de duas derrotas no Brasileiro, o Fluminense ligou o sinal de alerta. Sétimo colocado, com 27 pontos, o Tricolor mira o G-4 novamente. E sobrou para a garotada de Xerém. Além da confirmação da saída de Gerson e Gustavo Scarpa, a questionada dupla de zaga formada por Gum e Antônio Carlos treinou ontem entre os reservas pela segunda vez . Em recuperação de um desconforto na coxa esquerda, o capitão Fred participou da atividade, mas saiu antes do fim.

Enderson confirmou a estreia de Ronaldinho e fez mudanças na equipe do FluminenseDivulgação

Com as mudanças promovidas na defesa, o técnico Enderson Moreira montou um meio de campo equilibrado para diminuir a obrigação de Ronaldinho na marcação — ele não joga oficialmente desde 31 de maio —, sem perder a velocidade, com a seguinte formação: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Henrique, Marlon e Breno Lopes; Edson, Jean e Ronaldinho; Marcos Junior, Fred e Osvaldo.

Depois de dois dias de silêncio, as entrevistas serão retomadas na manhã desta sexta-feira com a coletiva do técnico Enderson Moreira ao fim do treino. Se sobrou privacidade na Urca, o último ensaio antes da partida contra o Grêmio deverá contar com um bom público nas Laranjeiras, crescente desde a chegada de Ronaldinho Gaúcho. Caberá ao camisa 10 retribuir em campo a confiança e o apoio recebidos ao longo da semana.

Viton critica treino fechado e diz que Assis pediu ‘mérreis’

Patrocinador master do Fluminense, a Viton 44 pode deixar de investir no futebol em 2016. Preocupado com a crise econômica do país, o presidente da empresa, Neville Proa, criticou a decisão do clube de fechar o treino de ontem em razão do prejuízo na estratégia de marketing dos anunciantes.

Em entrevista à Rádio Brasil, Proa revelou que foi procurado pelo irmão e empresário de Ronaldinho, Assis. “Ele chegou na fábrica para tentar ganhar alguns “merréis’”, contou.