Enderson junta os cacos no Fluminense

Tricolor perde quatro para pegar o Figueira, mas Fred e Osvaldo podem voltar

Por pedro.logato

Rio - Enquanto contabiliza o número de desfalques para o confronto com o Figueirense, o técnico Enderson Moreira trabalha com a possibilidade de contar com o reforço de Osvaldo e Fred no domingo. A sequência de duas derrotas custou o lugar no G-4 do Brasileiro. A queda na performance tricolor está ligada diretamente às recentes baixas.

Enderson precisa achar alternativas para duelo contra o FigueirenseDivulgação / Fluminense

Breno Lopes, Edson, Gerson, Osvaldo e Fred foram os desfalques na derrota para o Internacional. Na rodada do fim de semana, o treinador não terá vida fácil para montar a equipe. Além dos jogadores expulsos em Porto Alegre — Antônio Carlos e Marcos Junior —, Diego Cavalieri e Henrique receberam o terceiro cartão amarelo e também cumprirão suspensão.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

“Futebol é um esporte coletivo. Quando cheguei, tentei manter um padrão. Em razão das muitas mudanças, perde-se entrosamento. O que flui de maneira natural, fica dificultado. Futebol é entrosamento, conhecimento. A presença do Fred é uma questão muito forte. Ele é referência, prende a bola e é exímio finalizador. Não adianta reclamar, chorar. Contratamos para fortalecer o grupo”, disse o treinador.

Como responderam bem ao tratamento de suas respectivas lesões, Osvaldo (estiramento na coxa esquerda) e Fred (pubalgia) treinaram ontem com bola. O teste na atividade de hoje à tarde, nas Laranjeiras, será decisivo para a escalação da dupla no jogo de domingo.

Além de Osvaldo e Fred, a equipe contará com a volta de Jean, que cumpriu suspensão contra o Inter. Na Itália para realização de exames médicos e firmar os detalhes do contrato com a Roma, Gerson será desfalque.

Tricolores detonam arbitragem no Sul

A atuação do árbitro Flávio Guerra Rodrigues e de seus auxiliares no Beira-Rio motivou uma revolta coletiva entre os jogadores do Fluminense. Enquanto Antônio Carlos e Marcos Junior foram expulsos na derrota para o Inter, Alex passou impune depois de uma entrada violenta no volante Pierre.

Uma foto mostrou o resultado do carrinho do camisa 10 colorado. Diego Cavalieri, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão pela primeira vez na carreira, criticou o trabalho do trio de arbitragem no Sul.
“Está muito difícil, não podemos falar, questionar. Não quero falar mal da arbitragem. São coisas que vão te tirando do estado comum. Cheguei na boa, sem xingar, sem nada, mas não se pode falar mais nada”, justificou Cavalieri sobre a advertência recebida.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia