De olho na Copa do Brasil, Magno Alves projeta jogo difícil contra o Paysandu

Atacante afirma que adversário é 'casca grossa' e liga alerta

Por O Dia

São Paulo - De olho na Copa do Brasil, o Fluminense se prepara para o mata-mata contra o Paysandu. Sem Fred no ataque, Enderson Moreira já parece ter encontrado o substituto e Magno Alves vive a expectativa de entrar em campo nesta quarta e sair de Belém com a classificação. Porém, o atacante manteve a cautela e alertou os perigos do adversário. 

"Vou dar o meu melhor. Sabemos da importância do jogo, é o caminho mais curto para a Libertadores, mas será muito difícil. Tivemos o exemplo da primeira partida. Vamos enfrentar um time teoricamente pequeno, mas nos esquecemos que são os pequenos que atrapalham muito. Eles mostraram na Série B, e também no nosso primeiro jogo, que são 'casca grossa'", afirmou.

Magnata se vê preparado para substituir FredDivulgação

No último domingo, o Paysandu derrotou o Botafogo por 3 a 2, no Nilton Santos, pela Série B. Com a vitória no Rio de Janeiro, a equipe vem com moral para o duelo contra o Tricolor.

"Estamos acostumados a enfrentar adversário assim. Eles vêm de um bom resultado fora de casa, venceram o Botafogo, e a torcida vai estar entusiasmada. Então vai valer mais a raça dentro de campo", acrescentou.

Magno Alves aproveitou para falar do desgaste físico que o Fluminense vem enfrentando, mas afirma que isso não será usado como desculpa.

"Cansa, é fato. Temos que passar por cima, porque vale a passagem de fase, independente de desfalques ou do desgaste. Vamos para a batalha. É um obrigação da nossa parte vencer e passar de fase", finalizou o jogador.