Sem escolher posição, Cícero diz que pode atuar como volante ou meia no Flu

Na última partida, jogador foi escalado como segundo homem

Por O Dia

Rio - Conhecido pela sua versatilidade, Cícero nesta terceira passagem pelo Fluminense até o jogo contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, só tinha atuado como terceiro homem de meio-campo, porém, no duleo de quarta-feira, Eduardo Baptista escalou o jogador como volante. Em entrevista ao site oficial do Fluminense, Cícero, que já atuou até como goleiro pelo Tricolor na primeira passagem em 2007 e 2008, se colocou a disposição para desempenhar as duas funções.

Cícero se colocou a disposição para atuar em duas posições no FluNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"Sempre joguei em várias posições aqui no Fluminense, mas quero me firmar um pouco como segundo volante ou como terceiro homem de meio-campo, entre a defesa e o ataque, porque é onde tive bastante êxito. Jogando assim, em determinada situação do jogo, de repente no segundo tempo, você acaba sendo adiantado. Então me senti bem nessa função. Contra o Grêmio, nossa equipe frisou em não levar gols. O Eduardo deixou a equipe bem compacta. Agora tem que começar a jogar mais com a bola porque facilita para todo mundo", afirmou.

Nesta temporada, o Fluminense já está no seu quarto treinador. A estreia de Eduardo Baptista não foi das melhores, mas Cícero acredita em uma evolução contra o Goiás.

"No jogo contra a Ponte, ele teve só um dia e não deu para passar muita coisa. Agora, já está começando a ter um pouquinho mais de tempo. O Eduardo é uma excelente pessoa, chegou falando que está junto com o grupo e a gente também está com ele. Tem passado coisas do bem e procuramos acatar todas as questões táticas", disse.