Por pedro.logato

São Paulo - Bastante desfalcado, o Fluminense não foi páreo para o Santos, na Vila Belmiro, e acabou derrotado por 3 a 1 em confronto neste domingo. O resultado foi construído pelo Peixe em apenas 10 minutos já vencia por dois gols de diferença. Com Lucas Lima e de Marquinhos Gabriel, sendo o primeiro em falha incrível de Diego Cavalieri. No fim, Neto Berola ampliou e Robert descontou para o Flu. O Tricolor não teve Fred, Gustavo Scarpa e Cícero, suspensos.

Na próxima rodada, o Fluminense terá o São Paulo pela frente, no Maracanã. Os dois tricolores se enfrentam no próximo dia 14, às 22 horas. Já o Santos joga no dia seguinte, contra o Grêmio, na Arena do clube gaúcho, às 21 horas.

Fluminense foi derrotado pelo SantosNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O JOGO

A partida começou como um pesadelo para o Fluminense na Vila Belmiro. Com apenas 10 minutos, o Tricolor já estava perdendo por 2 a 0. O primeiro gol do Santos saiu aos três minutos em uma falha incrível de Cavalieri. O goleiro recebeu recuo de Marlon e tentou rivar, mas a bola bateu em Lucas Lima e foi para as redes do clube carioca. Ainda atordoado, o Peixe ampliou. Desta vez, Gabriel começou a jogada e deu passe para Marquinhos Gabriel, marcar. Antes da bola chegar ao santista ela acabou tocando em Marlon.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Com a desvantagem no placar, o Fluminense conseguiu equilibrar um pouco o duelo. O Santos tinha a posse de bola, mas diminuiu a sua intensidade na partida, que ficou bastante concentrada no meio-campo. Eduardo Baptista não esperou o primeiro tempo acabar e sacou Victor Oliveira, colocando Robert na tentativa de melhorar o desempenho do clube.

Nos últimos minutos da primeira etapa, o Santos voltou a pressionar. Marquinhos Gabriel conseguiu um belo passe para Daniel Guedes. O lateral-direito bateu forte e Diego Cavalieri fez grande defesa, evitando o terceiro gol dos donos da casa na Vila.

O Fluminense voltou com uma mudança para a segunda etapa. Magno Alves entrou no lugar de Osvaldo. Com apenas dois minutos, o Tricolor criou a sua primeira boa chance no jogo todo. Gerson jogou na área, Marlon deviou e Wellington Paulista sozinho não pegou bem na bola que passou sem perigo para o goleiro Vanderlei.

Aos 11 minutos, o Santos voltou a balançar as redes, porém, a jogada foi invalidada. Depois de uma cobrança de escanteio, a bola foi desviada e sobrou para Gabriel colocar para dentro, mas o jogador estava em condição irregular. Mesmo com a vantagem, o Peixe seguia melhor no jogo e quase marcou novamente com Gustavo Henrique, que após escanteio, carimbou a trave de Cavalieri.

Os últimos minutos foram de domínio santista, que não forçava muito para atacar. Antes do apito final, ainda houve tempo para Neto Berola concluir, após cruzamento da direita e fazer mais um. Robert ainda descontou antes do fim para o clube carioca, mas não havia tempo para reação.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3 X 1 FLUMINENSE

Local: Vila Belmiro
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Cartões amarelos: Daniel Guedes, Thiago Maia e Neto Berola (SAN); Pierre e Marlon (FLU)
Público e renda: R$ 298.780,00 / 7.491 pagantes
Gols: Lucas Lima, aos 5'/1ºT (1-0); Marquinhos Gabriel, aos 10'/1ºT (2-0); Neto Berola, aos 38'/2ºT (3-0) e Robert, aos 46'/2ºT (3-1)

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, David Braz, Gustavo Henrique (Werley, 22'/2ºT) e Chiquinho; Thiago Maia, Renato, Marquinhos Gabriel (Neto Berola, 4'/2ºT) e Lucas Lima; Gabriel (Leandro, 38'/2ºT) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Júnior.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Jean, Gum, Marlon e Victor Oliveira (Robert, 28'/1ºT); Pierre, Higor Leite e Gerson; Marcos Junior (Lucas Gomes, 26'/2ºT), Oswaldo (Magno Alves, Intervalo) e Wellington Paulista.
Técnico: Eduardo Baptista.


Você pode gostar