Gustavo Scarpa destaca importância de Fred e revela lado 'chato' do artilheiro

'Fred é o cara mais chato dentro de campo', declara o meia

Por fabio.klotz

Rio - A importância de Fred para o Fluminense vai além dos gols marcados pelo artilheiro. O capitão é um líder em campo e comanda o elenco tricolor. O camisa 9 chega a ser "chato". Tudo para o bem do Flu, claro, como Gustavo Scarpa avisa.

Gustavo Scarpa agradece os conselhos dados por FredBruno Haddad / Fluminense F.C. / Divulgação

"Fred é o cara mais chato dentro de campo, quem mais cobra. Antes do jogo é tudo avisado, que é melhor discutir para dar tudo certo, do que ficar calado. É melhor. Ele cobra bastante. Cobra dedicação dos mais novos e dos mais velhos, não deixa o grupo esmorecer durante a partida. A gente sabe da qualidade dele. (Contra o Palmeiras) Ele estava mal, fez um gol e quase fez o segundo. Se ele estivesse um pouquinho melhor, acho que ele faria. Mas a gente não pode ficar na dependência dele. Não podemos ficar pensando em quem não vai jogar. Sabemos que quem entrar no lugar dele é uma baita da responsabilidade", declarou Scarpa, no programa "Seleção SporTV".

O jovem, de apenas 21 anos, é um dos destaques da temporada do Fluminense. Na semana passada, o meia foi convocado para a seleção olímpica. Um ano e tanto para Gustavo Scarpa, que faz questão de agradecer os conselhos de Fred.

"Estou me sentindo realizado, conseguindo realizar quase todos meus sonhos em quatro meses. Ouvir o que o Fred fala ou qualquer outro vai da educação e criação. Você têm jovens que ouvem e que não ouvem. É em todo lugar. Tem gente que sabe ouvir e tem gente que não sabe. Vai mais da personalidade do jogador. O Fred é um cara de muita experiência, então eu sei que o que ele fala vai acontecer. Sei que posso dar ouvidos que tem tudo para me ajudar", afirmou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia