Marcos Junior destaca 'reviravolta' no Fluminense e agradece a Enderson

Atacante seria emprestado, mas recebeu chance e não decepcionou: termina o ano em alta nas Laranjeiras

Por O Dia

Rio - Marcos Junior termina a temporada em alta no Fluminense, como titular e como uma das principais peças ofensivas. Porém, o início de 2015 não foi fácil para o atacante, a ponto de pensar em "largar". Ele seria emprestado pelo Tricolor. A "reviravolta" aconteceu com Enderson Moreira. A chance apareceu. Marcos Junior não decepcionou. Ele faz questão de agradecer ao antigo técnico.

Marcos Junior projeta um 2016 ainda melhor com a camisa do FluminenseBruno Haddad / Fluminense F.C. / Divulgação

"Nem é bom ficar falando sobre o que passamos no início do ano. Mas foi chato. Às vezes até pensava em largar. Se não fosse o Enderson talvez eu não estivesse aqui. Tem muitos jogadores de qualidade que precisam de oportunidade, ritmo de jogo. Passei a ter esperança", declarou Marcos Junior, nesta quarta-feira, nas Laranjeiras.

O companheiro Gustavo Scarpa viveu situação semelhante. Ele também seria emprestado. A dupla termina a temporada com a sensação de dever cumprido e que 2016 pode ser ainda melhor, com vontade de sobra para brilhar cada vez mais.

"Eu e o Gustavo... a gente para para pensar que seríamos emprestados. Não sabem o que passamos no início do ano. Agora que somos titulares não queremos deixar escapar, temos de matar um leão por dia. Essa é a pegada. Pensar na nossa responsabilidade e fazer uma boa temporada ano que vem", destacou Marcos Junior.

Brilhar com a camisa do Fluminense é especial para Marcos Junior. O atacante está em casa nas Laranjeiras e destaca o amor ao Tricolor.

"Cheguei com 12 anos, e vestir essa camisa é uma emoção muito grande, conseguir ser titular. Amo esse clube. Minha hora chegou. Espero manter o foco e a pegada."