Flu evita polêmica com o Vasco: 'Jamais faríamos algo para prejudicar alguém'

Dirigente garante empenho e avisa: 'Deixar claro que qualquer coisa que aconteça não será o Fluminense a rebaixar o Vasco'

Por O Dia

Rio - A semana do Fluminense ganhou evidência em função da situação do Vasco. O rival depende do Tricolor. Para evitar polêmica, os jogadores do Flu não vão conceder entrevista ao longo da semana. Vice de futebol, Mário Bittencourt explicou por que tomou a medida e tirou o peso das costas do Fluminense, ressaltando que o time vai entrar em campo para vencer.

Mário Bittencourt garante foco do Fluminense em vencer o FigueirenseNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

"Deixar claro que qualquer coisa que aconteça não será o Fluminense a rebaixar o Vasco, que teve um ano muito ruim e ficou na zona de rebaixamento durante quase toda competição. Depende do Avaí também. Estão querendo colocar uma carga no Fluminense que não existe. Para nós é como outro jogo qualquer e vamos tentar vencer. Jamais faríamos qualquer movimento para prejudicar alguém", declarou Bittencourt, nesta terça-feira, nas Laranjeiras.

O dirigente explicou a decisão de não permitir entrevista com atletas do Fluminense ao longo da semana.

"O cancelamento das entrevistas foi para evitar polêmica. Uma polêmica que não existe. Será um jogo dificílimo, com o Figueirense jogando a vida. Pode ser que o Fluminense vença e o Vasco não vença. Estão colocando uma carga enorme no jogo do Fluminense. Queremos vencer porque também altera premiação", avisou.

O clima entre Fluminense e Vasco não é dos melhores, com alfinetadas ao longo da temporada - até na contratação de Ronaldinho Gaúcho - e disputa pelo lado direito da arquibancada do Maracanã. O dirigente faz questão de cortar qualquer traço de animosidade e destaca a importância do rival para o futebol carioca.

"Seria ruim para o Rio ter o Vasco rebaixado. Não somos inimigos, somos adversários no campo", disse.