Fluminense retorna sem tempo a perder

Tricolor volta a treinar no domingo de olho na estreia na Primeira Liga, na quarta

Por O Dia

Rio - Embora o técnico Eduardo Baptista e os jogadores tenham ficado satisfeito com a carga de trabalho realizada na pré-temporada nos Estados Unidos, o Fluminense contabiliza um ‘prejuízo’ de três dias perdidos com viagens e folga forçada, que interrompem uma sequência de evolução técnica e física.

O elenco tricolor se reapresentou no dia 4, antes dos demais clubes, já pensando no tempo que seria gasto com deslocamentos. O retorno ao Brasil aconteceu na sexta-feira, depois de 16 dias de trabalho, é verdade, mas os jogadores ganharam uma folga ontem por causa do cansaço.Enquanto isso, Fla, Botafogo e Vasco mantiveram-se concentrados no país e conseguirão manter ritmo de trabalho por quase 20 dias.

Fred está sendo preparado para duelo de quarta-feiraNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Disposta a recuperar esse período perdido de tempo, a comissão técnica tricolor marcou a reapresentação dos jogadores para hoje, nas Laranjeiras, e já volta suas atenções para a estreia na Primeira Liga, quarta-feira, em Volta Redonda, contra o Atlético-PR. Embora o tempo não seja o adequado, o goleiro Júlio César vê com otimismo tudo que fora realizado nos EUA.

“A pré-temporada foi muito boa, tivemos dezesseis dias de trabalho, deu para nos prepararmos bem, num ambiente diferente. Até em nível cultural foi interessante, a equipe sai daqui bem preparada para encarar uma temporada que vai ser desgastante, de muitas competições”, disse o camisa 22, que participou dos jogos da Florida Cup contra Shakhtar e Inter.