Eduardo Baptista mexe no Fluminense para a estreia no Campeonato Carioca

Tricolor enfrenta o Volta Redonda no Raulino de Oliveira

Por O Dia

Rio - Contra a pressão por resultado, reforços. Sem vencer uma partida em três jogos neste início de temporada, o técnico Eduardo Baptista vai poder contar com o zagueiro Henrique para espantar a crise que já ronda o Fluminense. Outra novidade para enfrentar o Volta Redonda, neste domingo, na estreia no Carioca, às 19h30, no Raulino de Oliveira, é a entrada de Léo Pelé na vaga de Ayrton.

Eduardo Baptista prega tranquilidade no FluminenseNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

O treinador ainda espera por Diego Souza (sem condições físicas) e Richarlison — quebrou o quinto metatarso do pé esquerdo no treino deste sábado e será operado nos próximos dias. O único que ainda aguarda documentação para ser inscrito é o zagueiro Renato Chaves.

Na expectativa pela utilização de todos os jogadores, Eduardo pede paciência com seu trabalho e não quer que o Flu entre em desespero logo no início de ano.

“Vamos trabalhar para dar continuidade. Montamos uma grande equipe, tivemos uma resposta boa. Temos de ter tranquilidade, e não é por causa de um resultado que tem que mudar tudo. O time tem atuado muito bem”, afirmou o técnico.

A rigor, Henrique é Léo Pelé são as únicas mudanças na equipe com relação ao time que perdeu para o Atlético-PR, quarta-feira, pela Primeira Liga. Danielzinho, Felipe Amorim, Gustavo Scarpa e Fred formam o quarteto de frente. Marcos Junior segue no banco.

Escalação

Volta Redonda: Motta; Luís Gustavo, Maílson, Luan e Cristiano; Bruno Barra, Pedro, Marcelo e Vinícius Pacheco; Lopes Tigrão e Tiago Amaral; Técnico: Felipe Surian.

Fluminense: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Henrique e Léo Pelé; Edson, Cícero e Danielzinho; Felipe Amorim, Gustavo Scarpa e Fred; Técnico: Eduardo Baptista.