Dia do Fluminense vencer e convencer

Tricolor encara o Tigres disposto a não levar gols e salvar a pele do treinador, pressionado no cargo nas Laranjeiras

Por O Dia

Rio - Mais pressionado a cada tropeço e gol sofrido, Eduardo Baptista tem neste domingo, às 19h30, contra o Tigres, em Volta Redonda, a grande chance de ganhar uma sobrevida no comando do Fluminense. Para isso, o técnico precisa fazer com que o time tenha uma atuação convincente e ganhe, de preferência, sem ser vazado. A equipe de Xerém é o adversário ideal para o momento vivido pelo Tricolor. Perdeu os três jogos que disputou até agora no Carioca e marcou apenas quatro gols.

Após o empate (3 a 3) com o Madureira, mesmo jogando todo o segundo tempo com um jogador a mais, o Fluminense vive uma insegurança em relação à continuidade do trabalho de Eduardo. Torcida e grupos políticos pedem a sua saída, mas o vice de futebol, Mário Bittencourt, banca a permanência do treinador junto a Peter Siemsen.

Eduardo Baptista está pressionado no cargo e precisa da vitória para aliviar a pressãoBruno Haddad / Fluminense F.C. / Divulgação

O presidente, porém, começa a aceitar a ideia de troca no comando, por conta da pressão causada pelos resultados ruins. O elenco apoia o treinador, mas, em campo, não tem feito por onde. Apesar da goleada sobre o Bonsucesso, na segunda rodada, o desempenho está abaixo do esperado — principalmente pela expectativa criada com as contratações de Henrique e Diego Souza.

O zagueiro ainda não conseguiu uma boa atuação e carrega o peso do setor defensivo ter sofrido seis gols em apenas três jogos pelo Carioca. Já Diego Souza, fora de ritmo, ainda não se encaixou com Fred, mas Eduardo Baptista confia no sucesso da dupla. No jogo de hoje, o Fluminense terá apenas uma mudança em relação ao time que tropeçou no Madureira: Marcos Junior entrará no lugar de Danielzinho.

RENATO CHAVES PODE PEGAR O FLA

A torcida tricolor deve receber uma boa notícia na próxima semana. O zagueiro Renato Chaves está em fase final de recuperação da lesão na coxa direita e a expectativa é que fique à disposição de Eduardo Baptista para o clássico contra o Flamengo, dia 21, em Brasília.

Contratado junto à Ponte Preta, o jogador teve boa atuação em sua estreia, na goleada de 4 a 0 sobre o Bonsucesso, pela segunda rodada do Carioca. Na ocasião, Chaves formou dupla com Marlon — Henrique estava suspenso. O zagueiro foi elogiado por Eduardo Baptista, mas deixou o campo sentindo dores musculares na coxa e o departamento médico constatou um lesão no local.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Henrique, Marlon e Giovanni; Pierre, Cícero, Marcos Junior, Diego Souza e Gustavo Scarpa; Fred.

TIGRES: Santiago, Alex, Sergio Raphael, Xandão e Paulo Henrique; Oliveira, Léo Bartolo, Lucas Willian e Willian; Fabiano Oliveira e Lucas.