De volta ao 'top 10' de artilheiros do Flu, Magno Alves comemora bom momento

Atacante igualou Ézio ao marcar contra o Voltaço no domingo

Por O Dia

Rio - Sem Fred, o posto de titular contra o Volta Redonda coube a outro grande artilheiro da história tricolor. Aos 40 anos, Magno Alves deu conta do recado e fez um dos gols da vitória do Fluminense. Ao balançar a rede, o Magnata voltou a ser um dos dez maiores goleadores da história do clube, ao igualar Ézio. Em entrevista coletiva, o atacante comemorou o bom momento.

Magno Alves concedeu entrevista coletivaNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"Gratificante para a carreira de um jogador aos 40 anos ainda está em bom nível, substituindo entre aspas um grande ídolo neste momento, disputando uma Série A. Venho trabalhando para quando a oportunidade surgir eu aproveitar, como foi ontem (domingo). Fui premiado com um gol ontem, 300 jogos, 119 gols, top-10 dos artilheiros. Me faltam palavras para tudo isso", disse.

Magno Alves pela primeira vez atuou por 90 minutos desde que retornou ao Fluminense no meio do ano passado. Apesar da idade avançada, ele participou bastante durante todo a partida e mostrou empolgação devido a possibilidade de ter uma sequência de jogos na equipe.

"A gente sabe que precisa de sequência. Falando até do ano passado, joga uma, fica seis sem jogar... É complicado. É a minha opinião, respeito as demais. Agora creio que vou ter essa sequência. Ontem 90 contra o Volta Redonda, surpreendeu o próprio Levir. O que me deixa mais motivado é que estou correndo. Não quero enganar. Quando começar a andar, é a hora de parar", disse ele, que brincou ao ser perguntado sobre uma previsão de aposentadoria.

"Creio que até os 45 está bom (risos). O amanhã a Deus pertence", finalizou.