Fred deixa o seu e garante a vitória do Fluminense sobre o América-MG

Capitão mantém boa sequência e marca pelo terceiro jogo seguido para garantir três pontos na estreia do Flu no Brasileiro

Por O Dia

Belo Horizonte - A boa fase reencontrou definitivamente Fred. Pelo terceiro jogo seguido, o camisa 9 guardou o seu gol e garantiu a vitória do Fluminense por 1 a 0 sobre o América-MG neste domingo, no Independência, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Mesmo não tendo marcado, Gustavo Scarpa acabou por ser o principal destaque do Tricolor, comandando todas as ações ofensivas e dando prosseguimento ao seu bom momento na temporada como nome do Fluminense na temporada. Apesar de jogar fora de casa, o time de Levir Culpi jogou melhor e dominou a maior parte da partida com tranquilidade.

Na próxima rodada, o Tricolor vai recber o Santa Cruz, no sábado, às 18h30, no Estádio Raulino Oliveira.

Fred e Gustavo Scarpa foram decisivos na vitória do Fluminense na estreia do BrasileirãoNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O JOGO

Apesar de jogar fora de casa, o Fluminense não teve cautela e começou indo para cima do América-MG. Com uma formação ofensiva com Osvaldo, Richarlison e Fred, o Tricolor ocupou o campo de ataque pressionando os mineiros. Sempre chegando bem pelos lados, o Flu tinha o comando da partida, mas não conseguia concluir as jogadas criadas. Acuado, o Coelho esperava uma oportunidade para sair da defesa e criou a primeira chance na partida em chute longo de Osman para defesa de Diego Cavalieri.

Já o Flu quando teve a primeira boa chance, não desperdiçou. Osvaldo recuperou a bola na intermediária e arriscou de longe para João Ricardo rebater. Richarlison aproveitou o rebote e só rolou para Fred empurrar para o fundo das redes: 1 a 0 Flu no Independência.

O gol empurrou o Tricolor ainda mais para o ataque. três minutos depois, Scarpa lançou Jonathan livre na direita para o lateral achar Richarlison livre na marca do pênalti, mas o jovem atacante isolou a bola. E foi só em um primeiro tempo dominado pelo Fluminense, mas escasso em chances de perigo criadas.

Diferetemente da primeira etapa, o América-MG procurou mais o ataque no segundo tempo. Logo aos 5, Osman teve a bola a sua feição dentro da área, mas disparou ao lado de Cavalieri, levando perigo ao gol do Fluminense. A partida ficou lá e cá com o Tricolor respondendo logo na sequência. Osvaldo foi lançado por Gustavo Scarpa e o atacante serviu para Fred finalizar tirando tinta da trave.

Com espaço para o contra-ataque, o Fluminense chegava bem principalmente pelo pés de Gustavo Scarpa, que regia o meio-campo como um maestro. Aos 12, o meia lançou Fred dentro da área, o atacante se atrapalhou, mas a bola voltou para Scarpa que finalizou em cima da zaga e desperdiçou boa chance. Aos 19, o camisa 40 voltou a levar perigo em chute de longe que passou raspando a trave do América-MG. Scarpa era o nome do jogo.

Mas com as mexidas no time e a vantagem no placar, o Fluminense reduziu o ritmo na partida e passou a levar uma certa pressão do América-MG. Em dois lances, o Tricolor contou com a sorte para não permitir o emapte. Na primeira, Edson apareceu para evitar o chute de Sávio após falha de Henrique. Na segunda, Osman teve a bola dominada e espaço para finalizar, mas errou feio e jogou longe. Destaque do Tricolor, Scarpa já no fim teve a chance de deixar o seu dar tranquilidade, mas preferiu tentar servir Fred e parou no goleiro do América. Mas o lance não fez falta pois a vitória do Flu na estreia estava garantida. 


FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG x FLUMINENSE

Estádio: Independência
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Gols: Fred (Fluminense, aos 39' do 1ºT)
Cartões Amarelos:
Cartões Vermelhos:

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Hélder, Alison, Sueliton e Danilo Barcelos; Leandro Guerreiro, Claudinei, Osman e Rafael Bastos; Tiago Luis (Borges, intervalo (Guilherme Xavier, aos 31' do 2ºT) e Victor Rangel (Sávio, aos 17' do 2ºT); Técnico: Givanildo Oliveira

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Jonathan (Giovanni, aos 36' do 2ºT), Gum, Henrique e Wellington Silva; Edson; Cícero; Gustavo Scarpa e Osvaldo; Richarlison (Gerson, aos 14' do 2ºT) e Fred; Técnico: Levir Culpi.