Fluminense apresenta os meias Dudu e Maranhão, e o lateral William Matheus

Meias têm vínculo de três anos com o Tricolor, lateral-esquerdo vem por empréstimo e permanece na equipe até julho de 2017

Por O Dia

Rio - Antes das atividades desta terça-feira, o Fluminense apresentou três reforços, nas Laranjeiras. Os meias Dudu e Maranhão foram contratados em definitivo e têm vínculo com o clube por três anos. Já o lateral-esquerdo William Matheus vem por empréstimo do Toulouse, da França, e permanece na equipe até julho de 2017. Os jogadores demonstraram satisfação com a nova casa e falaram sobre a responsabilidade de vestir a camisa tricolor.

Reforços comemoram a chegada e almejam titularidade Nelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

"O Flu tem grandes jogadores, de alto nível. Espero que a gente conquiste grandes coisas. Estou muito motivado e feliz. Agradeço ao Coritiba por ter me lançado, foram quase 15 anos. Mas agora estou muito feliz de vestir essa grande camisa em um grande centro do futebol brasileiro. Estou ansioso para estrear", disse Dudu.

"Levir me disse que precisa de um jogador guerreiro, que não tenha medo de jogar. Eu disse a ele que pode contar comigo. Vim para ser mais um guerreiro. Não vim apenas para me conformar com banco. Quero lutar para ser titular", afirmou Maranhão.

William Matheus poderá entrar em campo somente a partir do dia 20 de junho. O lateral-esquerdo, que veio da Europa, avisou que a adaptação não será problema e destacou que o tempo sem jogar será bem aproveitado para conhecer melhor o grupo.

"Esse tempo que vou ficar sem jogar vai ser bom para fazer amizade, pegar entrosamento. Acho que minha adaptação não ser problema. Eu joguei muito tempo no Brasil. Eu volto mais experiente. No Vasco era muito jovem. Fui bem pelo Goiás. Passar dois anos na Europa me ajudou muito", falou.

O diretor executivo do Fluminense, Jorge Macedo, garantiu que o clube permanecerá atento ao mercado e às necessidades apresentadas pelo grupo.

"Estamos sempre atentos ao mercado, vendo as oportunidades. O grupo não está fechado. Estamos fazendo análises. Falamos de quatro a cinco, e fechamos três. Estamos observando as primeiras rodadas e vendo nosso elenco. Pode vir do mercado sul-americano, do brasileiro, ser um brasileiro que está fora... depende da oportunidade que surgir", disse.