Levir Culpi deve testar Maranhão no Flu

Após dar oportunidade a Marcos Junior, Richarlison e Osvaldo, técnico vai modificar novamente a escalação

Por O Dia

Rio - Além de ter de suar a camisa, dentro de campo, para arrancar suado empate (0 a 0) com a Chapecoense, sábado, na Arena Condá, o Fluminense sofreu para regressar ao Rio. A saída de Chapecó estava prevista para domingo, às 5h30, mas, devido à neblina, que fechou o aeroporto da cidade, o avião fretado só alçou voo às 14h30. Apenas mais um dos muitos percalços que o Fluminense terá de enfrentar no Brasileirão. A torcida só espera que os comandados de Levir Culpi não errem o caminho que leva ao G-4 e, consequentemente, à briga pelo título.

Levir Culpi deve mexer no time do FluminenseNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

Em sétimo lugar na tabela e há duas rodadas sem vencer (vem de empates com Atlético-MG e Chapecoense), o Fluminense precisa fazer valer o fator casa diante do Grêmio, sábado, às 18h30, no Raulino de Oliveira. A semana livre, apenas de treinos, é vista com bons olhos por Levir Culpi, que espera ajustar a equipe e, enfim, encontrar o companheiro ideal de Fred no ataque.

Após dar chance a Osvaldo e Marcos Junior, que não convenceram, o treinador experimentou Richarlison contra a Chapecoense. Mas a atuação do atacante também não agradou. Ele jogou mal e perdeu a melhor oportunidade de gol do Fluminense na Arena Condá, com o goleiro já batido. Levir o tirou no intervalo, para a entrada de Magno Alves.

“Richarlison é jogador de definição pura, é o cara da última bola. Ele não é um jogador muito tático. Então, foi isso que eu pensei. Queria um pouco mais de toque, de consciência com a bola para entrarmos na área tabelando”, justificou Levir sobre a mudança no time.

O treinador, porém, tem nova carta na manga: o meia-atacante Maranhão, recém-contratado, mais uma opção para bom entrosamento com Fred. Situação que Levir começará a pôr em prática no treino de hoje, nas Laranjeiras.