Com o reforço de Sassá, Flu apresenta elenco para disputar a Superliga de vôlei

Tricolor vai brigar pelo título da principal liga feminina do país

Por O Dia

Rio - O Fluminense irá disputar a Superliga feminina de vôlei nesta temporada. Por conta disso, o elenco tricolor foi reforçado o torneio. Nesta terça-feira, nas Laranjeiras, houve a apresentação oficial do grupo para a temporada 2016/2017. O principal nome que chegou ao Tricolor foi a ponteira Sassá, campeã olímpica em 2008, em Pequim. A cerimônia de apresentação do elenco teve a presença de Márcio Trindade, vice-presidente de esporte olímpico, Renan Dal Zotto, representante da Confederação Brasileira de Vôlei, Carlos Souto, presidente da Federação de Vôlei do Rio de Janeiro e Marcus Vinicius Bittencourt, presidente do Conselho Deliberativo do Fluminense. 

Sassá vai disputar a Superliga pelo FluNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"É uma honra poder representar meu time do coração neste momento tão importante. Temos muito trabalho pela frente, mas chegamos para ficar", afirmou Hylmer Dias, técnico responsável por comandar o Fluminense.

Além de Sassá, chegaram ao Fluminense, Ju Costa, Lara Nobre e Letícia Hage (centrais) Renata Colombo (oposta), Juliana Perdigão (líbero), que jogou nas categorias de base do clube e está de volta para a Superliga e Priscila Heldes (levantadora). Da equipe que disputou a Superliga B continuam no Tricolor: a oposta Arianne Tolentino, Natasha Valente, Juliana Odilon e Julia Moura (ponteiras), Nathália Daneliczin e Jordanne Tolentino (levantadoras), Edna Bugmann e Beatriz Rezende (centrais) e Kika Motta (líbero).

Fluminense apresentou equipe de vôlei feminino Nelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O Fluminense tem um passado importante no vôlei. Em 1976, o Tricolor e venceu o primeiro campeonato da Liga Nacional, que somente passaria a se chamar Superliga em 1994. Depois, a equipe carioca venceria novamente o título em 1981.

Após um longo período afastado, o clube disputou a Superliga B neste ano, garantindo vaga na liga principal. O elenco seguirá treinando nas Laranjeiras até o início do campeonato, em outubro. 

"O time é bom. Já deu certo. A convivência está sendo boa, mas não podemos perder o foco. É hora de treinar. Me sinto muito feliz e acolhida aqui", opinou Sassá.