Fluminense tenta retomar tranquilidade para voltar a vencer pelo Brasileirão

Próximo desafio pela competição é no domingo contra o Vitória

Por O Dia

Rio - O clima conturbado por conta do mau futebol apresentado nos últimos jogos parece não afetar os jogadores do Fluminense. Apesar de Levir Culpi ter quase deixado o comando do Tricolor após o empate com o Ypiranga-RS pela Copa do Brasil, o atual capitão do time, Cícero, garante que a tranquilidade tem imperado nas Laranjeiras

Fluminense vive momento de instabilidade no BrasileirãoNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

“Implantaram uma crise meio exagerada. A gente não vem de cinco derrotas seguidas. Lógico que dá para melhorar, a cobrança é grande. Eu estou no clube desde 2007, minha terceira passagem, sei como funciona aqui. O clima está tranquilo, estamos fazendo nosso trabalho. Estamos no meio da tabela. Se encaixarmos duas ou três vitórias, a gente dá um salto”, disse o camisa 7, otimista.

Nas últimas duas semanas, torcedores protestaram na porta da sede do clube quatro vezes pedindo reforços. Muitos acreditam que as manifestações têm cunho político por conta da eleição no fim do ano, mas os resultados em campo também não têm agradado.

Campeão da Primeira Liga, o Fluminense entrou no Brasileirão planejando brigar na parte de cima da tabela e ainda não conseguiu. A irregularidade tem pautado a campanha. Em 13 rodadas, foram quatro vitórias, quatro derrotas e cinco empates e o Tricolor ocupa apenas a 12ª colocação.

O fraco desempenho tirou até Levir Culpi do sério e ele quase deixou o cargo depois do empate com o modesto Ypiranga-RS. Se os bons resultados não aparecerem logo, a saída do treinador não irá demorar a acontecer.

Sem poder contar com Scarpa por causa de uma lesão no joelho direito, o comandante deverá mandar a campo um time ofensivo contra o Vitória, no domingo. Maranhão formará uma trinca ofensiva com Osvaldo e Magno Alves.