Levir Culpi vê empate amargo, mas vê Fluminense na briga: 'Tudo pode acontecer'

Tricolor empatou em 1 a 1 com o Corinthians, em Edson Passos

Por O Dia

Rio - O resultado não deixou ninguém satisfeito: nem os jogadores, nem o técnico do Fluminense. Levir Culpi definiu o empate em 1 a 1 com o Corinthians, no jogo de ida da Copa do Brasil, como amargo. Consciente, o treinador viu uma partida equilibrada e definiu que o placar final foi melhor para o Timão, já que na competição, o gol fora de casa conta a favor.

"Acho que (o resultado) foi amargo, sim. Matematicamente, o resultado foi melhor para o Corinthians. Mas no jogo poderia acontecer de tudo. E no próximo também. Equipes parecidas, equilíbrio total. Tudo pode acontecer lá. Jogamos contra uma equipe do mesmo nível. Poderíamos ter feito o segundo. Não tivemos surpresas. Houve um equilíbrio. choveu o jogo inteiro e os jogadores suportaram bem. Esperamos ser mais felizes no jogo da volta", disse Levir.

Levir Culpi analisou o resultado do primeiro jogo entre Fluminense e CorinthiansDivulgação

Um dos assuntos mais comentados no Fluminense nos últimos tempos tem sido o fator casa. Após mandar o jogo contra o Palmeiras no Mané Garrincha e não sentir o calor da torcida, o Tricolor pediu para ter o Maracanã liberado para dois jogos em outubro. Ainda assim, Edson Passos tem sido a salvação da equipe.

"Ainda não perdemos aqui com a presença do torcedor. Um jogo desse sem torcida ficaria muito pior. O gramado está bom, e choveu o tempo inteiro. Não é o que as duas equipes merecem, que é o Maracanã, mas esse ano é especial. É uma obrigação do Fluminense oferecer um bom campo para os adversários, porque queremos o mesmo jogando fora. A CBF tem que atuar nesse sentido", concluiu.

O Fluminense volta a encarar o Corinthians apenas no dia 21 de setembro, para definir quem ocupará a vaga das quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Campeonato Brasileiro, o Tricolor, nono colocado com 31 pontos, enfrenta o Figueirense, no sábado, às 16h, em Edson Passos.