Scarpa confia em G-4, mas prega pés no chão contra a Chapecoense

Meia se diz animado após a vitória de virada sobre o Atlético-MG, mas quer manter cabeça no lugar para conseguir alcançar a parte de cima da tabela

Por O Dia

Rio - A vitória sobre o Atlético-MG de virada por 4 a 2 trouxe um novo ânimo ao Fluminense. Com 37 pontos, o Tricolor volta a se aproximar do G-4 e o sonho de uma vaga na Libertadores segue vivo. Autor de um dos gols na vitória sobre os mineiros, Gustavo Scarpa também foi contagiado pelo momento, mas fez questão de ressaltar a importância da partida contra a Chapecoense na quinta-feira para seguir com a boa fase.

Gustavo Scarpa confia no apoio da torcida para o Fluminense chegar ao G-4Mailson Santana / Fluminense F.C. / Divulgação

"Vencer o Atlético-MG, que é um dos principais candidatos ao título, é algo que dá muita moral. Mas de nada vai adiantar vencer e não ganhar na quinta. Não podemos vacilar contra a Chapecoense. Temos que manter o foco, tentar impor nosso ritmo de jogo e sair com a vitória. Estamos bem confiantes em uma conquista de vaga na Libertadores, seja pelo Brasileiro ou pela Copa do Brasil. O elenco foi reforçado, o time é qualificado. Até os times da parte de cima da tabela têm dificuldade para vencer. Temos que encaixar uma boa sequência", afirmou Gustavo em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Outro fator essencial para manter o Fluminense na briga pelo G-4 é Edson Passos, segundo Scarpa. Para o meia, a nova casa do tricolor é peça-chave para que o momento siga.

"Pode ser que Edson Passos ajude. A Chapecoense tem um time chato, difícil de jogar contra. Existe esse tabu, mas confio na nossa equipe. Sei da nossa qualidade", finalizou.

O elenco tricolor volta a treinar na tarde desta quarta-feira, às 15h30, nas Laranjeiras. Será a última atividade antes da partida contra a Chapecoense, marcada para quinta, às 19h30 (de Brasília).