Corinthians alfineta o Fluminense após críticas de Peter Siemsen: 'Sem mimimi'

Peter Siemsen e Levir Culpi atacaram a arbitragem após a eliminação na Copa do Brasil, mas o time paulista não perdeu tempo na provocação

Por O Dia

São Paulo - O Fluminense foi eliminado da Copa do Brasil, ao perder por 1 a 0 para o Corinthians, nesta quarta-feira. Mas o foco acabou virando o pós-jogo. Com três gols anulados, Peter Siemsen não poupou críticas à arbitragem, chegando a dizer que o Tricolor 'jogou contra 12 em campo'. Do outro lado, o Timão, feliz com a classificação na disputa, não perdeu tempo em provocar. No Twitter, o perfil oficial do clube criou a tag '#SemMiMiMi', para alfinetar o rival carioca.

LEIA MAIS: Peter faz duras críticas à arbitragem e a CBF: 'É vergonhoso'

Apesar disso, a postura provocativa não foi adotada por Roberto de Andrade, presidente do Corinthians. O dirigente minimizou as críticas feitas pelo Fluminense e chegou a sair 'em defesa' do Tricolor.

"Pelo que todos vocês (jornalistas) disseram, e a gente tem que acreditar no que vocês dizem, todos os lances que ele apitou estavam corretos, as marcações dele no impedimento, enfim. Eles estavam de cabeça quente, é normal, você ser desclassificado de uma competição como a Copa do Brasil que é interessante se avançar. A gente sabe que erra para cá ou para lá, não entendo que haja má-fé. Não é choro, muito pelo contrário. Você fica nervoso de perder e ter três gols anulados. Quem está no campo não mensura, são lances rápidos de pura marcação. Quando eles forem ao hotel e checarem as imagens, vão ver que o árbitro estava certo", disse Roberto.