Por edsel.britto

Rio - A vitória de virada sobre o Sport mantém o Fluminense na cola do Santos na briga por uma vaga no G-4. Com dois pontos a menos que o rival (46 a 48), o Tricolor terá pela frente na quarta-feira justamente o Alvinegro Praiano, às 21h, na Vila Belmiro. Levir Culpi espera um jogo ofensivo de ambas as partes e com muitas chances de gol.

"O Santos é muito qualificado tecnicamente, tem uma posse de bola excelente. A nossa também é. É um jogo que teremos chance de marcar e vamos oferecer oportunidades, é inevitável. É do brilho do momento. Vai depender dessas coisas que acontecem durante os jogos, e espero que nosso caminho seja o mesmo", afirmou Levir.

Principal jogador do ano, Gustavo Scarpa voltou a ter mais uma atuação decisiva no sábado e marcou o terceiro gol da vitória do Fluminense. Questionado se o camisa 10 já merece uma chance na Seleção, Levir disse que o jogador está no caminho, e, caso ele seja convocado, não impediria de desfrutar o auge da carreira, mesmo não podendo tê-lo à disposição.

"É uma consequência. Tivemos uma visita do Micale (técnico da sub-20). Conversamos bastante sobre futebol. Na principal tem o Tite, que viaja, conversa com todos. Se houver necessidade de convocar, acho interessante. É o auge da carreira e não gostaria de impedir. Às vezes pedem em uma hora errada, o Tite sabe como dói perder um jogador. Mas eu confio neles."

Com 46 pontos, o Fluminense entra de vez na birga pelo G-4. Na quarta-feira, o Tricolor terá um confronto chave contra o Santos, adversário direto na briga por uma vaga na Libertadores. A partida acontece às 21h, na Vila Belmiro.

Você pode gostar