Por sarah.borborema

Rio - Apesar da derrota por 2 a 1 para o Santos, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, o técnico Levir Culpi não fez uma análise negativa da atuação do Fluminense. O treinador valorizou os pontos positivos vistos em campo e falou em pequenos ajustes visando o clássico com o Flamengo, na próxima quinta-feira.

Levir Culpi destaca a importância de vencer o clássico para se manter no G-6Mailson Santana/Fluminense F.C./Divulgação

"Não adianta pensar no G-4. Temos que pensar no Flamengo, clássico, Fla-Flu. Precisamos corrigir, ajustar algumas coisas, mas também temos coisas boas que temos que repetir. O time jogou relativamente bem. Jogo foi equilibrado, qualquer resultado seria normal. Sou péssimo em conta, penso nos três pontos do próximo jogo. Acredito na matemática, na lógica, nos números, mas não vamos atingir de uma vez só. Os três próximos pontos são os mais importantes", disse o técnico.

As indefinições quanto ao local para a realização do clássico foram encerradas na última quarta-feira, quando a CBF definiu que o jogo acontecerá em Volta Redonda. Levir Culpi lamentou não poder contar com o Maracanã e o Engenhão, ainda cedidos à Rio 2016, e pediu o apoio da torcida tricolor.

"Não jogaremos em casa, não jogamos esse ano ainda. Temos que superar. É momento de união. Tem muita coisa boa para acontecer no Fluminense. São circunstâncias do calendário, situações políticas também. Estamos jogando fora de casa e é preciso que entendamos isso. Por que não vencer? Vitória seria ótimo e espero que estejamos todos juntos porque precisaremos da torcida e de todo nosso esforço", concluiu.

Com 46 pontos, o Fluminense ocupa a quinta colocação na classificação do Campeonato Brasileiro - a cinco pontos do quarto colocado. O Tricolor enfrenta o Flamengo, na próxima quinta-feira, às 21h30, no Raulino de Oliveira.

Você pode gostar