Por luis.araujo
Rio - Logo após a derrota sofrida do Fluminense para o Cruzeiro por 4 a 2, Peter Siemsen anunciou a demissão do técnico Levir Culpi e seus auxiliares. Na entrevista coletiva em que anunciou a saída do treinador, o presidente deu dicas de como o Flu deveria jogar e até sinalizou que a equipe joga melhor com três volantes.
"O Fluminense precisa de um bloqueio melhor na intermediária, ter o controle do jogo. Quando a gente abre mão dos três volantes ou de atacantes que marcam a saída de bola sofremos. Temos de pensar muito nesse formato de jogo, pois com três volantes no time a estatística tem sido extremamente positiva. Se considerarmos que nosso ataque é muito veloz, a gente tem encaixado contra-ataques nos últimos jogos com qualidade, mas tem perdido o controle do jogo", analisou Peter.
Peter deu dicas de como o Flu deve jogar Mailson Santana / Fluminense F.C. / Divulgação

Durante a rápida entrevista, o presidente tricolor afirmou que sempre é bom dialogar com os treinadores: "Trocar ideias sempre cabe. Cada um da sua maneira. Não sou formado como treinador. Mas troco ideias, de forma colaborativa. A estatística é muito forte: o time obteve bons resultados, não só no jogo inteiro como em momentos em que atuamos com forte bloqueio no meio", disse. 

Marcão ficará no comando da equipe nos últimos quatro jogos Bruno Haddad / Fluminense F.C. / Divulgação

Por fim, Peter disse ainda acreditar na classificação para a Libertadores e pediu que o torcedor de um voto de confiança no ídolo Marcão que irá comandar a equipe nos últimos quatro jogos: "O torcedor tem de dar essa chance ao Marcão, nosso ídolo. A mudança cria a esperança. Peço um voto de confiança. Todos somos Fluminense. É a hora da virada. Há chance de classificação. O elenco estava revoltado com a situação. Podemos transformar isso em algo positivo.

Publicidade
Peter se agarra na possibilidade do 7º colocado conseguir a vaga na Libertadores. O Atlético-MG (4º) e o Grêmio (8º) estão na final da Copa do Brasil. O time do Sul joga nesta segunda-feira contra o Sport, na Ilha do Retiro, e em caso de vitória pula para o 6º lugar. Com isso, o Tricolor ficaria a três pontos do Atlético-PR, justamente o seu adversário na próxima rodada. 
"Temos de dar chance a uma mudança caseira, a um ídolo. É um sujeito apaixonado pelo clube, forte de vestiário. Vai trazer uma pessoa de auxiliar que estuda os adversários e a nossa forma de jogar. Vamos fazer de tudo para chegar na última rodada com chances e classificar para a Libertadores", finalizou Peter.
Publicidade
Com 48 pontos, o Tricolor recebe o Atlético-PR, no Maracanã, dia 15 de novembro, às 17h, no Maracanã.