Marquinho diz que mudança de treinador deu injeção de ânimo no Fluminense

Meia elogia a primeira semana de trabalhos com o técnico interino Marcão e fala em motivação extra para seguir a busca por vaga na Libertadores

Por sarah.borborema

Rio - A reta final do Campeonato Brasileiro complicou a vida do Fluminense. O Tricolor amarga uma sequência de seis jogos sem vencer e, no último tropeço, encerrou a relação com o técnico Levir Culpi. Buscando forças para uma arrancada em direção ao G-6, o time das Laranjeiras agora conta com o comando do treinador interino Marcão. O meia Marquinho contou que as mudanças na equipe já estão sendo notadas.

Marquinho pediu mais atenção para não errar na reta final do BrasileirãoNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"Não só para mim, acho que não é nem difícil de ver. A qualidade dos treinamentos agora, desde que o Marcão assumiu é outra motivação, outro entusiasmo. Dá moral para quem não estava jogando, a competitividade para mim é a chave de tudo. A gente tem que estar sempre se ajudando, quem estiver jogando tem que saber que o cara do banco está querendo e se der brecha pode perder a posição", disse Marquinho.

Para não repetir a receita que tem deixado o torcedor bastante incomodado, Marquinho parece já saber o caminho. O meia afirmou que, para retomar a chance de disputar a Libertadores, o time vai precisar de uma atenção extra em campo.

"Problema de atenção mesmo, erros bobos que a gente fala, que não pode acontecer. Nas últimas semanas a gente tem se cobrado muito. Não estava dando liga o time, estava falando uma cobrança a mais. Você está vendo seu colega correndo um monte, cansado, vai lá faz a dele. Só ter um pouquinho mais de atenção que as vitórias vão vir", afirmou o meia.

A vaga na Libertadores já é uma realidade para o Flamengo, enquanto o Botafogo luta para colocar os dois pés na competição internacional. Marquinho nega que a classificação dos adversários cariocas deixe o Tricolor ainda mais pressionado pelo G-6.

"Nunca foi imposto, por ninguém da diretoria essa questão (Flamengo e Botafogo na Libertadores). Mas o Fluminense merece pela história, pela grandeza está dentro da zona da Libertadores. É uma competição que tive o prazer de jogar e eu não quero estar de fora", concluiu.

Com 48 pontos, o Fluminense ocupa a nona posição na classificação. O Tricolor está a seis pontos do último integrante do G-6 e adversário da próxima terça-feira, Atlético-PR. A partida será disputada no Marcanã, às 17h.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia