Peter Siemsen encerra mandato e se emociona em discurso de posse de Pedro Abad

Peter ainda falou diretamente para Pedro Antonio sobre os pagamentos que ele deveria ter recebido em 2016 mas que acabaram não acontecendo

Por O Dia

Rio - No Salão Nobre das Laranjeiras, Peter Siemsen passou o bastão oficialmente para Pedro Abad, na noite da última terça-feira. Na cerimônia de posse de seu sucessor, o agora ex-presidente do Fluminense afirmou sair com a sensação de dever cumprido por ter cumprido praticamente todas as metas traçadas em seus dois mandatos.

"Se olhar o que era o Fluminense seis anos atrás e o que é hoje, dá muito orgulho. Estou bem feliz com a quantidade de coisas que a gente entregou. Se olhar tudo que prometi seis anos atrás, não tem praticamente nada que não tenha cumprido. Lógico que queria ter sido mais vitorioso no futebol, mas se Deus quiser a nova gestão vai cumprir essa lacuna", afirmou.

Peter passa bastão com o nome de todos os presidentes da história do Fluminense Mailson Santana/Fluminense F.C./Divulgação

Peter ainda falou diretamente para Pedro Antonio sobre os pagamentos que deveriam ter sido feitos no ano de 2016. Os empréstimos do vice-presidente de projetos especiais, Pedro Antonio, chegaram ao valor de R$ 7 milhões, teto estabelecido pelo clube e com isso a obra segue em ritmo lento. Agora, o mecenas espera o pagamento desse valor para concluir o restante da obra que deve acabar cinco meses após o ritmo voltar ao normal. 

"Irmão, eu sei que você está um pouco chateado comigo. Não consegui completar os recursos, mas o meu carinho por você é especial. Muito obrigado por tudo", disse um emocionado Peter.