Melhor lateral da Série B, Léo Pelé volta ao Tricolor disposto a abolir apelido

'Dizem que pareço com o Pelé. Eu não gosto do apelido. Peço que me chamem só de Léo', afirma o jogador

Por O Dia

Rio - Revelado pelas categorias de base do Fluminense, Léo Pelé foi emprestado ao Londrina na temporada 2016 e se destacou na Série B do Campeonato Brasileiro, eleito como o melhor lateral-esquerdo da competição. De volta às Laranjeiras em 2017, o jogador afirmou nesta quinta-feira que não gostaria mais de ser chamado pelo apelido.

Léo Pelé se destacou em 2016 pelo LondrinaNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

"Dizem que pareço com o Pelé. Eu não gosto do apelido. Peço que me chamem só de Léo. Espero que respeitem. Pelé só teve um. Eu quero ser conhecido e fazer meu nome como Léo. É assim que desejo ser chamado", afirmou o atleta.

Reintegrado ao Fluminense, Léo contou sobre a conversa que teve com o técnico do clube. "Abel (Braga) conversou comigo, me passou confiança, acho que é importante. Confiantes, ficamos mais leves e rendemos mais em campo", analisou.

Se em 2016 foi emprestado e conseguiu ter um ótimo desempenho na Série B. Em 2017, Léo quer mostrar que a experiência adquirida pode ajudar muito o Fluminense durante a temporada.

"Estou muito feliz de voltar para a casa que me revelou. O Londrina foi muito importante para o meu crescimento. Vários jogadores que subiram comigo estão aqui agora. Acho que essa mescla vai dar certo em 2017", finalizou.

Com informações do Estadão Conteúdo