Por jessyca.damaso

Rio - Orejuela chegou credenciado às Laranjeiras após o belo desempenho na Libertadores de 2016, pelo Independiente del Valle, e as recentes convocações para a seleção do Equador. Titular no meio-campo do Fluminense, o volante ganhou mais um 'selo de qualidade': o prêmio de melhor jogador do Campeonato Equatoriano de 2016.

Orejuela está em alto no TricolorNELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

O Tricolor exaltou a conquista do jogador de 23 anos nas redes sociais e causou ainda mais expectativa nos torcedores. A ansiedade é grande para vê-lo em campo, na terça-feira, contra o Criciúma, pela Primeira Liga.

A diretoria corre para regularizar tanto Orejuela quanto Sornoza para a primeira partida oficial da temporada. Abel Braga já disse que conta com ambos para o jogo.

A dupla foi titular nos três jogos-treino realizados durante a pré-temporada e agradou. O bom desempenho serviu para dar uma acalmada nos torcedores, que pedem a chegada de mais reforços.

A rápida adaptação foi consequência do bom ambiente criado pelo elenco. "O grupo é muito legal, receptivo. Procuramos sempre brincar, deixar o ambiente mais leve. Às vezes, é difícil entender o que eles falam. Mas eles vão ter de se virar para falar português porque estão no nosso país (risos). Mas são muito bons de bola", disse o meia Gustavo Scarpa.

Você pode gostar