Abel dispara: 'Se esconde tudo na CBF. O presidente não viaja, acontece de tudo'

O treinador criticou a entidade por liberar um estádio sem condições

Por O Dia

Mato Grosso - Em um jogo complicado, o Fluminense conseguiu derrotar o Sinop-MT e se classificou para a terceira fase da competição. O próximo confronto da equipe na competição será contra o Criciúma. A mando de campo será sorteado nesta quinta-feira, na sede da CBF. 

Abel Braga criticou a CBF após a partida contra o Sinop-MTNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O treinador Abel Braga criticou a CBF por liberar um estádio, na opinião dele sem condições. Ele disparou contra os dirigentes que tem a decisão de avaliar o gramado do estádio antes de uma partida.

"A participação na Copa do Brasil é definida em maio, quando terminam os estaduais. Será que a CBF não tem alguém para mandar aqui ver a condição do campo e dos refletores? Poxa, Sinop é uma cidade fantástica. Um acolhimento extraordinário. A equipe dos caras, muito boa. Meu amigo Birigui (treinador do adversário). Mas não pode liberar um campo nessas condições. Então, a gente entende por qual motivo se esconde tudo na CBF. O presidente não viaja, acontece de tudo. É só mandar uma pessoa vistoriar o estádio. Não é assim, por causa do voto que tem de colocar o time no campeonato. É só ver a confusão no Rio por conta de estádio. Está na hora de dar um basta. Na Copa da Inglaterra, um time de terceira divisão recebe o Manchester em um campo que... pelo amor de Deus. Isso aí não é melhorar o futebol brasileiro", criticou o técnico.

O comandante Tricolor evitou falar do clássico com o Flamengo, domingo, a final da Taça Guanabara. Mas citou que o time vive uma boa fase por ter se classificado em todas as competições que disputa. 

"Resultado de sábado foi bom. Está tudo bom demais. Uma vitória para classificar na Primeira Liga. Passamos por duas eliminatórias de Copa do Brasil. Está tudo bem demais. É muito superação dessa rapaziada", finalizou.