Abel comemora vitória do Fluminense mas acredita que adversário ainda está vivo

Mesmo não tendo sofrido gols, o treinador lamentou o fato da equipe Tricolor não ter aproveitado a vantagem numérica em campo

Por O Dia

Rio - De volta ao Maracanã após seis meses, o Fluminense venceu o Liverpool-URU, na estreia da Copa Sul-Americana, com gols de Henrique Dourado e Richarlison. No entanto, apesar do benefício de poder perder por até um gol de diferença, o técnico Abel Braga lamentou o fato da equipe não ter aproveitado a vantagem numérica em campo no segundo tempo para aumentar ainda mais o placar.

Abel Braga saiu de campo satisfeito com postura do Fluminense, que teve 69% de posse de bolaNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"É emocionante voltar ao Maracanã. Acho que a equipe retribuiu o carinho, alma incrível. Há muito tempo não vemos um jogo com 80% de posse de bola. O objetivo foi cumprido. Quando o primeiro jogo é fora de casa, tem que tentar fazer um gol. Se é em casa, tem que tentar não tomar. Foi o que fizemos. Mesmo eles ainda estando vivos no confronto, não acredito que vão sair muito para cima em Montevidéu. Vamos continuar com nossa ofensividade. Rodamos muito a bola, mas o último passe foi horroroso. Os jogadores tomaram uma bronquinha light no vestiário. O 3 a 0 liquidaria. Merecíamos uma vantagem maior, mas pagamos o preço pelo último passe. Finalizamos 26 vezes, mas o goleiro deles não fez grandes defesas. Uma pena, segue tudo aberto", disse o treinador.

Mesmo tendo vencido a partida por 2 a 0, o comandante acredita que o advserário ainda está vivo na competição. "Eles ainda estão dentro, vão para cima no próximo jogo e vamos continuar com a nossa ofensivadade. A verdade é que rodamos muito a bola e o último passe foi horroroso. Houve um pouco de ansiedade", afirmou Abel.

O Fluminense volta a enfrentar o Liverpool-URU no dia 10 de maio, em Montevidéu. Mas antes disso, o Tricolor vai ter pela frente o Botafogo, no Engenhão, pela semifinal da Taça Rio.