Maravilhado, Abel destaca entrega dos jogadores: 'Nossa vida é ir até a morte'

Técnico do Fluminense não se conteve nos elogios à sua equipe

Por O Dia

Rio - O Fluminense conseguiu uma vitória contundente sobre o Vasco neste sábado. Com o triunfo por 3 a 0, o Tricolor garantiu a vaga na decisão do Campeonato Carioca e deixou o técnico Abel Braga "maravilhado". O comandante destacou que a equipe poderia ter marcado mais gols.

Abel Braga sentiu que o Fluminense poderia ter goleado o VascoNelson Perez/Fluminense F.C

Segundo Abel, o Vasco só conseguiu jogar melhor nos últimos 15 minutos da etapa inicial, por contas de erros do Fluminense, que controlava a partida. Apesar das falhas, o treinador ficou feliz com o que viu.

"O Vasco jogou 15 minutos finais do primeiro tempo, por erros nossos. O que nós erramos foi absurdo. Tem jogo que te marca, te deixa feliz. Este foi um jogo que me deixou feliz. Fazia tempo que não via isso. Não abdicamos de atacar. Se amanhã, eu estiver perdendo de 3 a 0 ninguém vai ter pena do meu time. Estou maravilhado. Os jogadores continuaram procurando o gol, eu queria ter quatro, cinco."

Abel também fez questão de destacar a entrega e o comprometimento de alguns atletas, como Richarlison e Wendel, que sentiram o cansaço e pediram para sair, como revela o treinador.

"O garoto, o Wendel, se superou. Ele e Richarlison, esgotados, pediram para sair. Wellington tinha pedido antes. A nossa vida é ir até a morte. Não deu, sai. É cumprir o que se combina. Não peço o impossível. Mas eles fazem tudo. A vitória foi incontentável. Estou satisfeito. O time, mesmo com empate a favor, procurou o gol desde o começo do jogo."

O Fluminense volta a campo nesta quarta-feira, contra o Brasil de Pelotas, pela Primeira Liga. Abel afirmou que vai avaliar a possibilidade de usar os titulares, por conta do primeiro jogo válido pela decisão do Estadual, a ser realizado no próximo domingo.