Abel Braga afirma que contratação de Marlon depende da transferência de Léo

Técnico do Fluminense revelou atraso na negociação com futebol italiano

Por O Dia

Rio - Praticamente negociado com o futebol italiano, o lateral-esquerdo Léo não viajou com o grupo e ficou de fora da partida contra o Bahia. Entretanto, o acerto com o clube estrangeiro, ainda não revelado, ficou estagnado e Marlon, que viria para ocupar a posição, pode não chegar ao Fluminense.

Abel Braga explicou situação de LéoNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

Garantindo que a contratação de Marlon se daria por observação do próprio clube, o treinador Abel Braga confirmou que o lateral do Criciúma só será anunciado se Léo deixar o Fluminense.

"Marlon está para vir, jogou três jogos contra nós. Não estamos escolhendo porque foi oferecido por empresário. Nós vimos, ninguém mandou vídeo. É uma negociação casada. Sai o Léo e chega ele. Se o Léo ficar, o Marlon não vem. Se sair, vem o Marlon. Queremos o Marlon, ele quer vir. O Léo está se equilibrando na casca de banana."

O técnico tricolor afirmou que a demora na concretização do negócio se dá por conta de uma restrição a jogadores estrangeiros no clube italiano. A liga do país impõe regras que obrigariam o clube a se desfazer de um atleta extra-comunitário, que não tenha nacionalidade de países da União Europeia, para contratar outro. Apesar disso, garante que os termos gerais do negócio estão acordados.

"Essa resposta vinha sábado, está atrasado o negócio. O Flu tem o interesse, os caras (clube italiano) aceitaram o que foi combinado e parou. Agora tem o papo de que eles precisam se desfazer de um estrangeiro. Mas não muda nada."

Abel ainda confirmou que, para o clássico contra o Botafogo, Léo estará relacionado, mesmo depois de não ter jogado contra o Bahia. O Fluminense entra em campo às 21h desta quarta-feira, contra o Alvinegro.