Abel Braga comemora vitória na Sul-Americana e elogia futebol equatoriano

Fluminense derrotou a Católica de Quito em duelo pela segunda fase

Por O Dia

Rio - A classificação do Fluminense para as oitavas de final da Sul-Americana foi construída com duas vitórias sobre a Universidad Católica, do Equador. Porém, engana-se quem acredita que o resultado em Quito foi construído com facilidade. A equipe da casa saiu na frente e criou chances de ampliar. As coisas só clarearam para a equipe carioca quando Dourado empatou a partida.

Abel Braga comemorou a classificaçãoNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"Vivemos um momento complicado, de alguns jogos sem vitória. Sabíamos que o adversário iria se atirar. Seria difícil tirar a diferença, mas pela dignidade dos jogadores. Queriam um bom resultado. Nos primeiros 30 minutos, eles foram absolutos, muito melhores. Tiveram chance para fazer mais gols. Nós nos recuperamos na bola parada e empatamos. No segundo tempo, fiz o que iria fazer no início da partida, jogar com três zagueiros pela vantagem que nós tínhamos. Foi difícil, mas conseguimos um bom resultado", afirmou o técnico Abel Braga.

O treinador ainda fez muitos elogios ao futebol equatoriano, principalmente os dois jogadores nascidos no país que estão que defendem as cores do Fluminense.

"Muitos clubes brasileiros vivem problemas financeiros. Se estamos contratando equatorianos, é porque têm valor. Acreditamos neles. Não são contratados porque são bonitos. E sim porque têm capacidade. Estou muito contente com Sornoza e Orejuela", disse.