Depois de três meses afastado, Douglas está bem perto da retornar ao Fluminense

Volante foi diagnosticado com artrite reativa (dores nas articulações)

Por O Dia

Rio - O reforço é 'caseiro' e atende pelo nome de Douglas. Três meses após o diagnóstico de artrite reativa (dores nas articulações), o volante vive a expectativa pela volta aos gramados. Livre do incômodo, tem participado sem restrição das atividades. Os treinos da semana serão definitivos para a decisão de Abel Braga de relacioná-lo para o confronto com o Vitória, domingo, no Barradão, pelo Campeonato Brasileiro.

Douglas não joga desde o fim de maioNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

Afastado desde o fim de maio, Douglas terá que trabalhar duro para reconquistar o seu espaço. Wendell aproveitou a brecha, ganhou a confiança de Abelão e, inclusive, já tem um acordo, ainda não oficializado, para defender o Paris Saint-Germain, a partir de janeiro.

Após a volta de Sornoza, recuperado de uma cirurgia no tornozelo esquerdo, Abel celebra o ganho de mais uma peça com Douglas. Com um quadro raro, ele respondeu bem ao tratamento, mas ainda faz uso da medicação importada dos Estados Unidos. Cada vez mais participativo nos treinos, o volante está bem perto da volta.

ROBINHO REGULARIZADO

Contratado ao Figueirense, Robinho, enfim, está à disposição do Fluminense. Anunciado em agosto, o atacante, de 22 anos, teve o nome publicado ontem no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. A demora do pagamento ao Atibaia (SP), dono dos direitos econômicos de Robinho, atrasou a regularização.

O Tricolor desembolsou cerca de R$ 7,5 milhões, em duas parcelas, na arrastada negociação. Com a venda de Richarlison para o Watford, da Inglaterra, e a lesão de Marcos Calazans (joelho direito), Abelão aguardava a liberação de Robinho, que deve ser relacionado para enfrentar o Vitória, em Salvador.