Fluminense quer vitória no clássico para despachar má fase no Brasileirão

Tricolor enfrenta o Flamengo no próximo dia 12 em duelo no Maracanã

Por O Dia

Rio - O momento difícil enfrentado pelo Fluminense tem tudo para mudar na próxima quinta-feira, quando a equipe carioca faz o clássico contra o Flamengo, às 17 horas, no estádio do Maracanã, no Rio, pelo Campeonato Brasileiro. Foi o que garantiu, ao menos, o atacante Henrique Dourado nesta quinta

Derrotado nas últimas três partidas na competição e ocupando apenas a 16.ª posição, uma na frente da zona de rebaixamento, o Fluminense vai retomar a confiança se vencer o clássico, segundo garantiu o atacante. A partida, assim, é encarada como decisiva para os últimos meses da temporada.

Fluminense precisa mudar situação na temporadaNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"Quando se trata de clássico, é uma grande oportunidade para deslanchar, vencer, ganhar moral no campeonato, readquirir a confiança", disse Henrique Dourado. "Acredito que o clássico vai poder ditar muitas coisas para as próximas partidas que temos pela frente. No Brasileiro, não pode escolher adversário, ainda mais na situação que estamos vivendo. Mais uma vez, temos que nos superar, encarar cada jogo com uma final para somar pontos e não deixar escapar os que ainda estão em disputa".

O atacante também reconheceu o momento difícil, mas garantiu que o elenco é bom e tem condições de se recuperar. "Nós sabemos que enfrentamos uma situação difícil, estamos passando por um momento turbulento e temos pela frente confrontos diretos. Não podemos deixar nada de fora atrapalhar o rendimento dentro de campo e vamos unir forças para sair dessa situação. Temos que fazer o que nós já apresentamos no ano. É um grupo muito bom, temos que voltar às vitórias, pois assim voltará a confiança de todo o elenco".

Abel Braga comandou uma atividade tática e técnica nesta quinta-feira. No treinamento de uma hora, os jogadores realizaram uma disputa de 10 contra 10 em campo reduzido, no formato de ataque contra defesa. Depois, trabalharam finalizações e jogadas aéreas.

Lesionados, os zagueiros Henrique e Renato Chaves e o meia Marquinho até foram ao gramado, mas realizaram apenas um trabalho de transição com a preparação física. Ainda não há data prevista para o retorno do trio.