Abel reitera vontade de seguir no Fluminense, mas exige time mais competitivo

Treinador era desejado por Palmeiras e Inter, que já anunciaram técnicos

Por O Dia

Rio - Já sem muitas ambições no Brasileirão, o Fluminense pode começar seu planejamento para 2018, mas ainda precisa garantir uma das peças mais importantes para a equipe: o treinador. Abel Braga voltou a dizer que não pretende deixar o clube, mas quer um elenco melhor para a próxima temporada.

Abel Braga não gostou do ano tricolorReprodução

O técnico afirmou que vai conversar com a diretoria na próxima semana, para definir os detalhes de sua permanência e destacou que pretende atingir uma marca histórica com o Tricolor.

"Meu desejo é ficar. Nessa semana agora vamos definimos tudo. Quero ser o segundo treinador que mais vezes treinou o Flu. Será uma grande conquista para mim. Quero para o ano que vem uma equipe que seja mais competitiva. Até que jogue menos, mas que seja mais pesada em campo, que duele mais."

Abel admitiu que o ano do Fluminense não foi dos melhores e indicou que precisa existir um processo de mudanças dentro do clube, principalmente dentro do elenco.

"Temos que refletir sobre o ano. Não é vontade de ninguém passar um ano como passamos, com uma série de dificuldades. Mas tivemos que seguir uma linha. Essa linha não foi a melhor para o torcedor. Gostaria de estar jogando por mais coisas. Hoje terminamos pior do que ano passado. Temos que rever muita coisa de forma interna, coisas em relação a grupo. Alguns caminhos que seguimos precisam ser mudados."

O Tricolor das Laranjeiras, que ocupa a 14ª posição no Brasileirão, ainda sonha com a possibilidade de ir à Copa Sul-Americana, mas não depende apenas de si mesmo. Na última rodada, a equipe enfrenta o já rebaixado Atlético-GO, fora de casa, para definir sua vida no próximo ano.