Globo renova contrato com o COI e transmite os Jogos Olímpicos até 2032

Emissora já tinha contrato para o Rio 2016, mas terá exclusividade na transmissão nas quatro edições seguintes, começando por Tóquio

Por O Dia

Rio - O Comitê Olímpico Internacional anunciou nesta quinta-feira que a Rede Globo terá a exclusividade da transmissão em TV aberta para o Brasil dos Jogos Olímpicos entre as edições de 2020 e 2032. O acordo começa a valer nos Jogos de Tóquio, 2020. Em 2016, no Rio, a transmissão em TV aberta ainda será dividida com outras emissoras, entre elas a TV Record. A Globo também terá a exclusividade em TV fechada, internet e celular.

"Este acordo de longo prazo com a nossa parceira Globo demonstra a confiança que temos neles como principal organização de mídia do Brasil. Além de transmitir os Jogos Olímpicos até 2032, o Grupo Globo se comprometeu a dar apoio durante todo o ano, o que contribuirá para assegurar um legado positivo a longo prazo dos Jogos Olímpicos do próximo ano", disse Thomas Bach, presidente do COI.

O acordo abrange também os Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, em 2018, e em Pequim, em 2022, além de todos eventos do COI até 2032 ainda sem sedes definidas.

"Estamos muito orgulhosos de nos ter ter sido confiada a transmissão dos Jogos Olímpicos, o maior evento esportivo do mundo, até 2032. Nosso relacionamento com o COI e o Movimento Olímpico remonta há muitos anos e esta renovação a longo prazo do nosso acordo mostra a fé absoluta de que o Grupo Globo tem em nosso país, dentro do espírito olímpico e no futuro", disse Roberto Irineu Marinho, do Grupo Globo.

Últimas de _legado_Olimpíada