Por fabio.klotz
Rio - O brasileiro Gideoni Monteiro se prepara para a terceira e última etapa da Copa do Mundo de ciclismo de pista, no próximo fim de semana, em Hong Kong, vivendo a expectativa de garantir sua vaga para a Olimpíada do Rio, em 2016.
Gideoni Monteiro pedala rumo à Olimpíada do RioDivulgação COB

Para ter o direito de indicar um atleta na Omnium para os Jogos Olímpicos, o Brasil terá que estar entre os 18 primeiros colocados no ranking olímpico, que fecha em março. Atualmente, o país, representado somente por Gideoni Monteiro, é o 15º. Com os descartes (limites de vagas para a Europa), sobe para 13º. Restam apenas duas competições que somam pontos para o ranking: a terceira etapa da Copa do Mundo e o Campeonato Mundial de Londres.

"Como faltam duas corridas para fechar o ranking, a vaga está bem encaminhada. Mas preciso encarar uma prova por vez, até para não entrar em uma zona de conforto. Quando a lista estiver definida e eu for um dos classificados, aí sim vou pensar na Olimpíada", afirma Gideoni.
Publicidade
Para ter um bom desempenho em Hong Kong, Gideoni aposta no trabalho realizado em Maringá (PR), onde a seleção brasileira de pista se prepara para as competições: "Estou me sentindo bem. Eu me cuidei muito no fim de ano, mesmo com Natal e Ano Novo. Mantive a rotina, não alterei minha alimentação. Meu pensamento é chegar a Hong Kong brigando de igual para igual com os primeiros colocados."