Por fabio.klotz
Rússia - A russa Maria Sharapova luta contra lesão para defender a Rússia em duelo com a Holanda pela Fed Cup não apenas para tentar ajudar a levar o país às semifinais, mas também para se manter na corrida pela vaga nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.
Sharapova tenta se garantir logo na Olimpíada do RioReuters

Para estar entre as 64 participantes do torneio olímpico, ficou determinado que os tenistas precisarão ter, pelo menos, três participações na competição por equipes. No caso das mulheres, a Fed Cup, e, dos homens, a Copa Davis, de 2012 até hoje.

Sharapova disputou duas séries no ano passado, contra Polônia e República Tcheca, em que as russas acabaram derrotadas.
Publicidade
Sexta colocada no ranking mundial da WTA, a russa está praticamente garantida pela pontuação acumulada, já que a classificação da entidade que organiza o circuito mundial é levada em conta para definir as entradas.
Sharapova, no entanto, luta contra lesão no braço, sofrida durante o Aberto da Austrália. A tenista espera, ao menos, ser relacionada como disponível para o duelo, o que já contaria como presença na terceira eliminatória da Fed Cup neste ciclo olímpico.
Publicidade
O presidente da Federação Russa de Tênis, Shamil Tarpischev, disse semanas atrás, no entanto, que não pretende que uma atleta com problema físico seja inscrita. No site da competição, o nome de Sharapova consta na relação do país para o jogo com a Holanda.