IAAF divulgará em junho se atletas russos poderão disputar a Olimpíada

País se envolveu em escândalo de doping recentemente

Por O Dia

Rússia - A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) anunciou nesta quinta-feira que decidirá em 17 de junho se liberará a federação russa de participar de competições, acabando com a punição dada após a divulgação de escândalo de conivência com o doping, que explodiu no fim do ano passado.

Segundo comunicado divulgado pela entidade, haverá uma reunião do conselho executivo em Viena, na Áustria, poucos dias antes do Campeonato Russo, que será a última chance para os atletas do país conseguirem índice para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Em março, a IAAF tinha adiado para maio a tomada definitiva de decisão sobre a situação dos atletas da Rússia, que estão proibidos de participar de competições internacionais, ficando fora, por exemplo, do Campeonato Mundial de Atletismo em pista coberta, nos Estados Unidos.

O presidente da entidade internacional, o britânico Sebastian Coe, disse na época que federação russa ainda tinha muitos meses de trabalho para cumprir todos os requisitos cobrados do sistema antidoping vigente atualmente.

Por ordem da IAAF, a federação russa já teve eleito um novo presidente, o país fechou a agência antidoping nacional e afastou técnicos acusados de envolvimento em práticas ilegais.

Além disso, todos os atletas da Rússia que se classificarem para os Jogos Olímpicos terão que se submeter a três exames independentes realizados pela entidade internacional, conforme acordo realizado recentemente.

Últimas de _legado_Olimpíada