Por fabio.klotz

Rio - A trajetória rumo ao tricampeonato olímpico no vôlei feminino começa para a seleção brasileira neste sábado, às 15h, contra Camarões, no Maracanãzinho. O Brasil não espera facilidade no Grupo A, com escolas diferentes e algumas pedreiras pela frente.

José Roberto Guimarães vê um 'equilíbrio muito grande' no grupo do BrasilDivulgação

"Não conhecemos muito a equipe de Camarões, mas vamos estudar a equipe delas. No entanto, também temos de pensar nos outros adversários. Nosso caminho será árduo e difícil e temos de seguir trabalhando fortemente. Existe um equilíbrio muito grande. Nós vamos enfrentar escolas completamente diferentes como Japão, Coreia do Sul e a Rússia e a nossa adaptação terá de ser muito rápida para cada confronto", analisou o técnico José Roberto Guimarães.

LEIA MAIS: Bruninho, um líder focado na medalha de ouro na Olimpíada do Rio

O clima olímpico aumenta cada vez mais. O treino no Maracanãzinho serviu para dar um gostinho do que vai acontecer na Olimpíada.

"O ginásio está lindo e já dá para imaginar o Maracanãzinho lotado nos dias das partidas. É muito bom disputar os Jogos Olímpicos no Brasil e num ginásio que já conhecemos. Isso ajuda na adaptação", declarou a levantadora Fabíola.

Partidas do Brasil na fase classificatória dos Jogos Olímpicos do Rio

Brasil x Camarões - 06/08, às 15h
Brasil x Argentina - 08/08, às 22h35
Brasil x Japão - 10/08, às 22h35
Brasil x Coreia do Sul - 12/08, às 22h35
Brasil x Rússia - 14/08, às 22h35

Você pode gostar