Por fabio.klotz

Rio - Não foi apenas o empate sem gols, com o Iraque, neste domingo, no Mané Garrincha, que decepcionou. A postura da seleção brasileira também recebeu críticas. O narrador Galvão Bueno, da "TV Globo", ficou na bronca com o fato de os atletas saírem de campo em silêncio, evitando entrevista.

Neymar %26 Cia. não falaram com a imprensa na saída do campo após empate com o IraqueLucas Figueiredo / MoWA Press / Divulgação

"As milhões de pessoas que estão em casa têm direito, sim, de ouvir. O seu ídolo, o seu jogador, aquele que joga com a camisa da seleção brasileira. É feio, muito feio, não é profissional, não é ético e não é correto, sair de campo o time inteiro e se negar a falar. Alguém tinha de assumir e falar", disparou.

LEIA MAIS: Brasil decepciona de novo e continua sem vencer no futebol masculino

Depois, a decepção se transformou em cobrança. Galvão: "Olha, quarta-feira é para chegar contra a Dinamarca e é pra ganhar, para ir pra cima e para ganhar. E não se pode dar as costas e negar uma palavra a tudo isso que nós mostramos aqui. Sabe, nós somos apenas um veículo que leva a palavra de um atleta para todas essas pessoas que estão aqui e para milhões que estão acompanhando pelo Brasil", finalizou.

A bronca de Galvão Bueno repercutiu nas redes sociais. O próximo compromisso de Neymar & Cia. na Olimpíada é na quarta-feira, contra a Dinamarca, às 22h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Você pode gostar