Por edsel.britto

Rio - Rogério Dutra deu adeus aos Jogos Rio 2016, no final da tarde desta segunda-feira, mas saiu de cabeça erguida. O número 95 do mundo foi derrotado pelo francês Gael Monfils, 11º do ranking, por 2 a 0 (6/2 e 6/4), em uma hora e 13 minutos de partida, na quadra 1 do Complexo de Tênis. No entanto, a reação da torcida após a partida deixa claro que a experiência olímpica de Rogerinho terminou com dignidade. O brasileiro deixou a quadra aplaudido. Uma espécie de medalha para quem, há um ano, pensou em abandonar o esporte.

LEIA MAIS: Notícias, programação e quadro de medalhas da Olimpíada do Rio

Monfils não se intimidou com o apoio da torcida brasileira, quebrou o serviço de Rogério e, em seguida, abriu 2 a 0. O brasileiro conseguiu vencer o game seguinte e quase empatou na sequência, enquanto, das arquibancadas, vinham gritos de "vamos, Rogerinho" e vaias ao francês.

Rogerio Dutra acabou derrotado nesta segunda e está fora da Rio-2016 Júlio César Guimarães / Uol / NOPP

Aparentemente nervoso, Rogerinho cometia erros, enquanto Monfils vencia games em sequência. Um torcedor chegou a gritar "paciência, Rogério", quando o francês estava prestes a quebrar mais um serviço. O brasileiro, que viu o adversário abrir 5 a 1, levou o sétimo game, mas não evitou a derrota no primeiro set por 6 a 2, em 34 minutos.

O segundo set também não começou bem para Rogerinho. Monfils mais uma vez quebrou o primeiro serviço do brasileiro. O dono da casa, porém, mostrou que não se entregaria e diminuiu para 3 a 2. Quando o placar mostrava 4 a 3, a torcida começou a cantar "eu acredito".

Monfils e Rogerinho sacaram para vencer nos dois games seguintes: 5 a 4. O francês tinha o serviço a seu favor para confirmar a vitória. O brasileiro resistiu e vendeu caro a derrota. Pela luta, foi saudado pela galera.

Você pode gostar