Moradores de Volta Redonda se mobilizam na torcida por Thiago Pereira

Faixas e banners estão espalhados pela cidade natal do atleta

Por O Dia

Rio - Moradores de Volta Redonda, no Sul Fluminense, estão na torcida nesta quinta-feira por um de seus filhos mais ilustres: o nadador Thiago Pereira, que disputa, à 22h, a final da prova dos 200m medley nos Jogos Olímpicos. Nascido no município, Thiago, está recebendo manifestações de carinho por todos os cantos da cidade. Nas janelas dos apartamentos há faixas com seu nome e na Vila Santa Cecília, no Centro da cidade, a prefeitura afixou dezenas de banners com a foto do atleta e a inscrição “Somos Olímpicos”.

“Estaremos todos unidos com ele na piscina logo mais. Concentrados num pensamento único: vitória”, afirma o prefeito Antônio Francisco Neto, que diz ser “fã de carteirinha” de Thiago. A mãe de Thiago, Rose Vilela, se diz orgulhosa do carinho dos volta-redondenses para com seu filho. “Com certeza o grito `vai Thiago´(que ficou famoso mundo afora), hoje vai ecoar com força total em todo o Brasil, especialmente da Cidade do Aço”, garante.

Com o terceiro melhor tempo, Thiago Pereira se classificou na noite desta quarta-feira, ficando atrás do supercampeão olímpico Michael Phelps e do também norte-americano Ryan Lochte.

Moradores de Volta Redonda se mobilizam na torcida pelo nadador Thiago PereiraDivulgação/PMVR

O brasileiro alcançou a vaga na segunda semifinal, em que também ficou em terceiro lugar, com o tempo de 1min57s11, atrás de Phelps e Lochte. Mais tarde, a final dos 200m mdley poderá dar ao Brasil a primeira medalha nesta Olimpíada. Phelps, por sua vez, vai em busca de seu quarto ouro no Rio.

História

Thiago Pereira é um dos maiores nomes da natação brasileira na atualidade. Começou na natação aos dois anos, quando sua mãe o colocou em uma escolinha depois que caiu em uma piscina e quase se afogou. A partir deste momento, o menino não quis mais se afastar da água.A carreira vitoriosa começou aos 12 anos, com a conquista da medalha de bronze em uma competição na cidade de Volta Redonda (RJ).

Na mesma época, também conseguiu sua primeira vitória em campeonatos federados, em uma competição em Valença, região de Volta Redonda, defendendo o Clube de Funcionários da CSN.Atualmente, com 30 anos, Thiago Pereira defende o Minas Tênis Clube. É dono de 23 medalhas pan-americanas, um recorde histórico. Em Londres-2012, o atleta conquistou a medalha de prata na prova dos 400 m medley. É também o maior medalhista internacional do Brasil, levando em conta os eventos de primeira linha como mundiais, olimpíadas e pans.O medalhista olímpico também é vice-presidente da Comissão de Atletas da FINA – Federação Internacional de Natação – e integrante das Comissões de Atletas do COB – Comitê Olímpico Brasileiro – e da Odepa – Organização Desportiva Pan-Americana

Últimas de _legado_Olimpíada