Por renata.amaral

Rio - A estreia de Usain Bolt na Olimpíada do Rio já seria o suficiente para atrair todos os holofotes, mas o desempenho dos brasileiros no atletismo, na manhã deste sábado, também não foi boa o suficiente para chamar a atenção. O Brasil teve representantes em cinco provas e não alcançou a classificação em nenhuma. Em contrapartida, o jamaicano fez o de costume: acelerou no início, freou no fim e ganhou sua bateria com sobra, nos 100m rasos.

Keila Costa não teve um bom diaFlavio Florido/Exemplus/COB

LEIA MAIS: Bolt avança às semifinais nos 100m rasos

O Brasil começou o dia competindo no salto triplo. Núbia Soares e Keila Costa não foram bem e acabaram na 23ª e 24ª colocações, respectivamente. Os resultados não permitiram que elas avançassem para a próxima etapa. Nos 3.000m com obstáculos, Juliana dos Santos foi apenas a 36ª.

A maior decepção ficou por conta de Geisa Coutinho. A atleta ficou na 25ª posição, apenas uma abaixo da zona de classificação para as semifinais dos 400m rasos. Já após a prova do salto em distância, do heptatlo, Juliana Chefer terminou em 27º.

O último brasileiro a competir no Engenhão foi Vitor Hugo dos Santos. Ele, que entrou nos 100m rasos na bateria seguinte a de Bolt, terminou na 48ª colocação geral e não vai às semifinais.

Você pode gostar