Por luis.araujo

Rio - Eliminada na fase classificatória do salto com vara, Fabiana Murer comentou após a competição sobre a lesão que quase a tirou da Rio- 2016. A brasileira sofreu com uma hérnia de disco no último mês e revelou que mesmo com a liberação da equipe médica, o problema comprometeu sua participação na Olimpíada. 

Fabiana MurerDanilo Verpa / Folha de S.Paulo / NOPP

Murer comentou que ela e seu treinador acreditavam que era possível estar na final mesmo sentindo dores. "Estou muito chateada. Não consegui saltar. Tive uma hérnia há um mês e foi difícil passar por tudo isso. Foi muito trabalho e dedicação com a equipe médica. Acreditamos que era possível estar na final. Infelizmente a hérnia tirou a força do meu braço esquerdo, que preciso muito no fim do salto. Não consegui saltar. Fico muito chateada, mas fiz o máximo. Hoje e na carreira".

Murer também comentou a medalha de ouro de Thiago Braz no salto com vara. "(Ele) Começou treinando junto comigo. É um atleta muito talentoso. Conseguiu resultados desde a categoria menor até essa medalha de ouro. Tentei ajudar quando estava no nosso grupo, depois ele foi para a Itália e perdi contato. Ele começou com uma condição diferente da minha: com boa estrutura. Eu tive de ir aprendendo, conseguindo equipamento. Acho que fiz parte do crescimento do salto com vara no Brasil".

Você pode gostar